sexta-feira, 3 de agosto de 2018

EKEV - "SE" - "CONSEQUENTEMENTE"



EKEV - "SE" - "CONSEQUENTEMENTE"
Deuteronômio: 7: 12 a 11: 25 
Isaías 48: 14 a 51:3
Romanos 8: 1 a a 39

Deuteronômio 7: 12 - "Será, pois, que, se (consequentemente), ouvindo estes juízos, os guardares e cumprires, O Eterno, teu Deus, te guardará a Aliança e a Misericórdia prometida sob juramento a teus pais;"

Há apenas duas opções. Somente duas. Quando Deus criou o ser humano deu ao homem a opção de obedecê-lo e viver ou dar as costas para Ele e morrer.

Hoje as opções religiosas tão variadas, dentre elas a possibilidade de dizer-se ateu, ou defender uma ideia política e uma visão de mundo tão fervorosamente como num culto a uma divindade, sob a terrível mentira de que todos os caminhos levam a Deus, competem com as opções sexuais hoje chamadas de LGBT...DFAPOFQWKERUOWPASB, e daqui há pouco será mais que um alfabeto inteiro, não obstante Deus ter criado: HOMEM E MULHER. 

Mesmo sob o jugo do pecado, Deus chama um povo da escravidão, um povo que não foi escolhido por ser bom, por serem especiais, por serem melhores do que outros povos, pelo contrário um povo difícil de lidar, de dura cerviz, ou seja que não se dobra com facilidade, um povo tendencioso à rebeldia, à ingratidão, à idolatria, mas, povo que foi gerado de um homem que creu em Deus, simplesmente manifestou Fé, mesmo sem ver coisa alguma, mas, ouviu e obedeceu quando Deus lhe chamou. 

A Bíblia mesmo não faz deste homem, Abraão um super herói, não lhe esconde os defeitos, mas, demonstra que a Fé, não nos afasta os pecados, mas, nos conduz para que por toda a nossa vida, ainda que errando quantas vezes, prossigamos olhando para Deus e querendo a cada dia ser aperfeiçoados por sua Graça.

Assim foram com os outros Patriarcas Isaque e Jacó, principalmente com Jacó, que começou terrivelmente sua caminhada, mas, que foi convertido num novo homem... Não num que fosse perfeito, mas, num que dependia de Deus para buscar a retidão.

Sempre haverá duas opções - é condicional! EKEV - "SE" ou seja, CONSEQUENTEMENTE, se obedecerdes... então, ou se desobedecerdes... então. 

A Escolha sempre será nossa! A livre possibilidade de decidir servir a Deus ou não, deixa de estar condicionada a cordinhas que nos foram colocadas como se fossemos marionetes ou nas palavras que poderiam ser colocadas em nossas bocas, como que por um ventríloquo, "No dia que comerdes, certamente morrerás". A Vontade de Deus é essa e a consequência pela obediência ou pela desobediência é esta. É simples!

Enquanto Deus dá a seu povo Israel toda a TORAH, compreendemos como 613 mandamentos entre os positivos e os negativos, os que apontam o que se deve fazer e os que determinam o que não se pode fazer, Deus agora ordena que se circuncide O CORAÇÃO?

Dt.: 10: 12 a 16 - "Agora, pois, ó Israel, que é que O SENHOR requer de ti? Não é que temas O SENHOR, teu Deus, e andes em todos os seus caminhos, e o amores, e sirvas ao SENHOR, teu Deus, de todo o teu coração e de toda a tua alma, para guardares os mandamentos do SENHOR e os seus estatutos que hoje te ordeno, para o teu bem? Eis que os céus e os Céus dos céus são do SENHOR, teu Deus, a terra e tudo o que nela há. Tão somente o SENHOR se afeiçoou a teus pais para os amar; a vós outros, descendentes deles, escolheu de todos os povos, como hoje se vê. Circuncidai, pois, o vosso coração, e não mais endureçais a vossa cerviz.

Circuncidar a carne nós entendemos; não comer carne de porco, camarão, não roubar, não adulterar estes mandamentos nós podemos compreender. São atitudes que as pessoas que são do povo de Deus vão ter que tomar, fazendo ou deixando de fazer. Qualquer pessoa que observar cuidadosamente a vida de tal pessoa sob esta lei, poderá observar as atitudes e comportamentos deste que vai demonstrar estar cumprindo e seguindo os mandamentos de Deus ou não.

Mas, e o coração? Como observar se alguém cumpriu O Mandamento de Circuncidar O Coração? 

Fica mais fácil de entender que o homem se deixa guiar pela aparência, mas, Deus conhece, pois vê, o coração do homem.

Há muitos hoje que ainda perdem o tempo em discutir se temos ou não que obedecer e cumprir as leis dadas por Deus a Moisés, e quando falam disso, inicialmente generalizam no mesmo grupo judeus e não judeus. A Total falta de interesse em agradar a Deus, velada, porque os que discutem arduamente tais coisas, querem demonstrar o contrário, pois dizem querer fazer o certo, e tomam posições extremas e inflamadas de um e de outro lado... SÓ HÁ DUAS POSSIBILIDADES! 

Há coisas que Deus requereu dos judeus. Há coisas que Deus estabeleceu para os judeus que habitam em Israel. Há coisas que Deus estabeleceu para os não judeus crentes em  Yeshua. Em todos Deus não vê as obras da carne, mas, o coração. 

É possível alguém fazer coisas para Deus e o seu coração não estar em Deus, mas, no reconhecimento que os outros podem lhe dar? Claro que sim! 

Alguém cujo coração é verdadeiramente circuncidado, vai manifestar a Vontade de Deus em suas ações? Claro que vai!

O primeiro vai errar? Ele já está errado! E por mais que se esforce haverão sempre coisas que tal pessoa não conseguirá esconder em sua vida.

O segundo vai errar? Sim vai! Mas, sua prioridade não será o que os outros possam pensar dele. Claro que é muito importante o nosso testemunho pessoal, porém, antes do testemunho diante dos homens, há um testemunho diante de Deus que conhece o seu coração, que mesmo em seus erros o pode perdoar e lhe manifestar Graça para que esta pessoa possa mudar de atitude. Como gerar isso?

Inquestionavelmente esta é uma Obra do Espírito Santo em nossas vidas. Tanto no judeu crente em Yeshua, como no não judeu crente em Yeshua. Não há salvação em nenhum outro nome. Os que viveram esperando pelo Mashiach, os heróis da Fé, viveram e morreram na ardente expectativa de sua vinda, O saudaram de longe, mas, não puderem viver aquilo que tanto esperavam. 

Nos dias do Ministério do MASHIACH, que veio para morrer como Sacrifício Perfeito ao Nosso Deus, os que conviveram com Ele, alguns o reconheceram como Senhor e como O Filho de Deus, outros tantos lhe deram as costas; E hoje nós, que conhecendo as Escrituras e vendo que as Eras foram marcadas antes e depois de Cristo, do MASHIACH, percebemos que todos nós seres humanos em todas as épocas, necessitamos de Deus, porque todos nós demos as costas para Ele, seguindo os nossos próprios caminhos por conta do PECADO.

Muitos ainda esperam que seus problemas acabem quando entregam-se para servir a Deus. Outros são enganados com promessas falsas (uma boa maneira de se ganhar adeptos),  num evangelho mentiroso que prende as pessoas e seus bolsos na esperança mentirosa de enriquecerem, de terem esta vida de poucas décadas regalada, esquecendo-se que não se pode servir a dois senhores... 

Porque o povo de Israel, mesmo depois de tudo o que Deus lhes fez para que possuíssem a Terra Prometida, voltaram a se prostrar diante de falsos deuses e a cometerem todo o tipo de torpeza e pecado? Pela mesma razão que depois da obra da Cruz do Calvário, na qual muitos foram batizados, voltaram, porém, ao pecado e as mais profundas trevas. 

Estes talvez tenham aprendido a cantar algumas músicas e também a entregar seus dízimos e ofertas em alguma igreja. Talvez sejam até os que ensinam o que aprenderam nas apostilas e pela tradições de seus usos e costumes, julgam com veemência os que não os seguem, mas, tais coisas contra a carnalidade, contra a sensualidade, contra os desejos da carne, contra a maldade do coração, contra o orgulho, o ódio, o rancor, não produzem fruto algum.

O método de Deus parece rigoroso, mas, é o método de um pai amoroso: Dt. 8: 3 a 5 - "Ele te humilhou, e te deixou ter fome, e te sustentou com o maná, que tu não conhecias, nem teus pais o conheciam, para te dar a entender que não só de pão viverá o homem, mas, de tudo o que procede da boca do SENHOR viverá o homem. Nunca envelheceu a tua veste sobre ti, nem se inchou o teu pé nestes quarenta anos. Sabe, pois, no teu coração, que, como um homem disciplina a seu filho, assim te disciplina O SENHOR, teu Deus. 

Há quem diga: Que método é esse? Que amor é esse? Quem pensa assim, não é filho! Quem pensa assim aproximou-se ouvindo falar de prazeres e delícias, benefícios e oportunidades de se continuar vivendo a mesma vida, sob a proteção de Deus... Não é assim que se educa um filho...

Em Romanos 8:15 lemos que é pelo Espírito da Adoção, O Espírito Santo que veio habitar em nossos corações, (que é a CIRCUNCISÃO da qual falou Deus no deserto a seu povo), é que podemos chamar a Deus, O Criador do Universo de ABA. 

Ora, se fomos adotados, tínhamos pais naturais, tínhamos uma herança (de pecado, de maldições, de deformações), mas, agora temos uma nova herança e um Novo Pai, e por isso a maneira de Deus de nos ensinar os seus valores é:

Nos humilhar, nos deixar passar fome, não nos dar abundância de bens, pelo contrário, nos fazer usar as mesmas vestes e sapatos por décadas, para que percebamos que, assim como Deus olha para o nosso coração, Ele espera que olhemos não para as coisas deste mundo, mas, para Ele. Enfim, Deus corrige ao filho que ama!

Tão diferente do padrão deste mundo não é? Tão distante do Evangelho mentiroso que temos ouvido e visto! O nosso maior exemplo? Claro, sempre será Jesus!

Hb. 5: 7 a 9 - "Ele, Jesus, nos dias da sua carne, tendo oferecido, com forte clamor e lágrima, orações e súplicas a quem o podia livrar da morte e tendo sido ouvido por causa da sua piedade, embora sendo Filho, aprendeu a obediência pelas coisas que sofreu e, tendo sido aperfeiçoado, tornou-se O Autor da Salvação Eterna para todos os que lhe obedecem,"

Jesus, aprendeu obediência pelas coisas que sofreu? Uau! Temos muito ainda para caminhar no caminho da Obediência ao Pai. Quem pode fazer esta obra em nós? O Espírito Santo! Nenhum cirurgião cardíaco pode nos ajudar nisso, a Circuncisão de nossos corações é uma obra do Espírito Santo de Deus em nossos corações.

Os que foram chamados sendo judeus, vão manifestar esta obra gloriosa, sendo zelosos pela Torah e em tudo o que O Eterno requereu do povo judeu como sinal às nações, e nós crentes em Yeshua, chamados dentre os não judeus, também pela Lei de Deus escrita em nossos corações, assim como o Nosso Pai Abraão cumpriremos a Lei do Amor, não porque está escrito em tábuas de pedra, ou porque queremos mostrar a alguém que somos obedientes e fiéis, mas, porque Deus tem a cada um de nós plantado a Eternidade em nossos corações e da mesma forma, não faremos porque está escrito, mas, porque está em nós... Em nossos corações...

Falando assim parece bonito, fácil, tangível a qualquer um e é ou não é! Sempre haverá apenas duas possibilidades! SE!

Dt.: 11: 10 a 15 - "Porque a terra que passais a possuir não é como a terra do Egito, donde saístes, em que semeáveis a vossa semente e, com o pé, a regáveis como a uma horta; mas, a terra que passais a possuir é terra de montes e de vales; da chuva dos céus beberá as águas; terra de que cuida O SENHOR, vosso Deus; os olhos do SENHOR, vosso Deus, estão sobre ela continuamente, desde o princípio ao fim do ano. Se diligentemente obedecerdes a meus mandamentos que hoje vos ordeno, de amar O SENHOR, vosso Deus, e de o servir de todo o vosso coração e de toda a vossa alma, darei as chuvas da vossa terra a seu tempo, as primeiras e as últimas, para que recolhais o vosso cereal, e o vosso vinho, e o vosso azeite. Darei erva no vosso campo aos vossos gados e comereis e vos fartareis."

Houve uma outra geração que morreu no deserto na expectativa da Terra Prometida, mas, que não comprometeu-se com Deus. Não permitiu a circuncisão. 
A Terra Prometida é de montes e de vales, e depende das Chuvas, e chuvas vêm dos Céus, e quem Governa os Céus é O ETERNO, Nosso Deus... Ou seja, todo o bem que desejamos, que esperamos, está Nele...

Nós não judeus, crentes em Yeshua, bem como também os nossos irmãos, judeus crentes em Yeshua, também como a todo aquele que ainda virá para estar conosco na Eternidade por meio de um só, a saber: YESHUA HAMASHIACH, todos nós temos acesso ao ABA por meio de Yeshua, através do Espírito de Deus que está em nós, que é o selo e o penhor da nossa Salvação, portanto, que nenhum de nós se conforme com qualquer coisa menor do que o relacionamento que nos está proposto com o nosso ABA, através de Yeshua, Assim podemos falar com O Eterno, como um filho fala a seu pai que o ama. 

O Conversa pode inicialmente parecer fria e distante, mas, se você pelo Espírito de Deus, chama-lo verdadeiramente de Pai, Ele certamente te responderá: Filho, e o que se dará a partir deste momento em teu lugar de oração, em teu carro, no banheiro do teu escritório... Em qualquer lugar onde você decidir romper com tua independência humana, para tornar-se totalmente dependente do Pai, você perceberá que fez a escolha certa e EKEV - CONSEQUENTEMENTE, a vida de Deus romperá no teu interior... Você descobrirá que a Circuncisão no coração era a comporta do Rio da Vida que precisa ser destravada de dentro de você para que por toda a Eternidade Deus possa fluir do teu interior...


KI MITZION TETZEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião sairá a Lei e a Palavra do Eterno de Jerusalém!)



Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem