sexta-feira, 11 de maio de 2018

KEDOSHIM - SANTOS



KEDOSHIM - SANTOS

Levítico: 19:1 a 20: 27
Ezequiel: 20: 2 a 20 
Mateus 5: 43 a 48

Lev. 19: 1 e 2 - ׳׳E falou יהוה a Moisés dizendo: Fala a toda a congregação dos filhos de Israel e diga a eles: santos sereis porque Santo Eu Sou, יהוה seu Deus.’’ 

O homem criado à Imagem e Semelhança do Nosso Deus, foi criado para viver Nele, para Ele, para a Glória Dele. Deus o abençoou para que ele fosse fecundo e se multiplicasse; deu ao homem toda a provisão, segurança, e infraestrutura de que precisava para viver além de uma companheira que lhe fosse idônea, para que através também de relacionamento e amor pudesse  gerar e gerar ao ponto de encher toda a Terra e dominar sobre ela. Deus dá também responsabilidade ao homem de guardar e de cultivar aquele Jardim, como que tudo o que O Nosso Deus nos dá pudesse ser ainda desenvolvido...

Na viração do dia, quando as trevas chegariam no Jardim, O Nosso Deus vinha para estar com o homem, para que este não experimentasse a sensação das trevas e para que O Relacionamento com O Seu Criador, fosse a base para a vida do homem... 

Uma única ordem, mandamento, proibição O Eterno deu ao homem: "Não coma da árvore do conhecimento do bem e do mal".

O homem passou a conhecer O Bem e o Mal, depois de ter desobedecido a Palavra do Eterno? É CERTO QUE NÃO!

O Bem ele já conhecia, todo O Bem que existe! Ele conhecia O AVINU HAOLAM (Nosso Pai na Eternidade). 

O que então ele conheceu? O Mal. A Rebeldia, (a decisão de andar independente de Deus, de fazer o que considerava certo e justo), abriu para o homem a oportunidade de fazer coisas longe de Deus e de Sua Vontade.

O que isso resultou? A morte de Abel; o corrupção antes do dilúvio; o desrespeito de Cham com seu pai, Noah (Noé); Babel...

Deus então chama um homem e lhe diz para sair de sua Terra, de sua parentela e da casa de seu pai, para ser conduzido pelo Eterno, para uma Terra que Ele lhe mostraria...

Abraão recebe uma ordem de Deus, e simplesmente ele obedece. Como lemos, não foi tão simples assim, Deus sabendo da corrupção humana cuidou para que Abraão não parasse na beira do caminho, mas, prosseguisse. Vários foram os erros que Abraão cometeu, mas, no relacionamento com Deus ele foi vencendo estes erros e continuou caminhando segundo aquele chamado para a Terra Prometida.

Abraão circuncidou-se; Abraão entregou dízimos; Abraão fez sacrifícios e entregou holocausto ao Eterno em Altares que ele mesmo levantou; Abraão entregou seu próprio filho a Deus, com a certeza que O Eterno mesmo prepararia para Si, O Seu Cordeiro...

Houve um divisor de águas na vida de Abraão O Hebreu. O momento em que depois de 13 anos depois de ter gerado um filho na escrava Hagar, O Eterno aparece para Abraão para lhe mudar o nome e lhe diz O MAIOR SEGREDO DE DEUS PARA OS HOMENS: 

"ANI EL SHADAI, HITECHALECH LEPANAI VEHEIEH TAMIM" - "Eu Sou O Deus Todo Poderoso, anda Diante de Mim (na minha Face, na Minha Presença), e sê Perfeito."

O homem que foi feito por Deus, à Sua Imagem e conforme a Sua Semelhança, se esqueceu de onde veio, que direitos tinha e qual era o propósito para a sua existência. O homem tem buscado maneiras de se relacionar com o Mundo Espiritual. Os homens tem sido enganados pela mesma serpente que tentou a Eva, e que os tem mantido nas mais incríveis trevas, quando tudo o que o inconsciente humano busca é voltar para Casa, voltar para O Pai.

Abraão foi chamado por Deus, para sair destas trevas e vir para a Luz. Os descendentes de Abraão foram para o Egito e tornaram-se um povo extremamente numeroso e lá começaram a se esquecer de quem os tinha criado como povo; de quais promessas Deus fizera a Abraão seu pai, e quando o sofrimento os fez clamar ao Eterno, porque ainda havia entre eles quem conhecia a história, quem sabia O Caminho pra Casa, Deus levanta Moisés e os manda libertar...

Num caminho diferente que Abraão tinha feito, mas, num Caminho também para Casa, desta vez, O Caminho de Volta, O povo de Israel passa a ser conduzido pelo Eterno que estava indo à frente do povo, sendo também a sua retaguarda, mas, o povo de Israel pecou, e pecou e pecou contra Deus... Eles não paravam de murmurar mesmo depois do Mar Vermelho; mesmo depois das Águas de MARAH tornarem-se doces; mesmo depois do Manah; mesmo depois das codornizes; eles continuaram a murmurar e a questionar o que seria, guando seria, para que seria... Eles desprezaram a Condução do Nosso Deus. Eles desprezaram a Presença do Nosso Deus, A FACE DO ETERNO...

Deus lhes deu estão a conhecer "O MAL".

Uma série de regras, uma série de mandamentos, uma série de estatutos, uma série...

Há duas possibilidades de você conhecer um lugar:

1) Indo com alguém que conhece bem o lugar e vai te guiar e te mostrar o que de melhor você pode experimentar daquela experiência e que cuidados precisa ter ali e acolá, ou...

2) Pegando um dos livros de regras e de dicas e levando a tira-colo, para que em todas as situações que aparecerem você poder sacar o livro e ver o que deve fazer naquela situação... 

O que te parece mais fácil?

Abraão fez coisas que estão descritas na Lei, sem no entanto estar sob o Jugo da Lei. Ele as realizou por andar Diante da Face do Eterno.

Deus no entanto dá todo o ordenamento da Torah para o seu Povo, e a nação toda em PEH ECHAD (Uma só boca em Uma Só Voz) diz: "NAASSÊ VENISHMÁH"- Faremos e obedeceremos, mas, logo em seguida fizeram o DETESTÁVEL Bezerro de ouro para adorarem...

O povo conheceu O Bem e O Mal, ou conheceu O MAL?

O povo foi guiado até O Monte Sinai pelo Eterno, e lá conheceu todos os ordenamentos. O que se podia e o que não se podia fazer, com quem diz: Vocês não querem mesmo que Eu vá com vocês? Eu conheço O Caminho (EU SOU O CAMINHO), Não? Então eu vou fazer aqui um mapa e dar umas dicas de como chegar lá... E imediatamente eles caíram todos!!!!!!!

Yeshua sendo questionado sobre qual O Maior dos Mandamentos, responde: 

"Eis que certo homem, intérprete da Lei, se levantou com o intuito de pôr Jesus à prova e disse-lhe: Mestre, que farei para herdar a vida eterna? Então, Jesus lhe perguntou: Que está escrito na Lei? Como interpretas? A isto ele respondeu: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todas as tuas forças e de todo o teu entendimento; e Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Então, Jesus lhe disse: Respondeste corretamente; fase isto e viverás." - Luc. 10: 25 a 28 

O relacionamento com Deus em primeiro lugar, e o relacionamento com os que igualmente a nós foram feitos à Imagem e conforme a Semelhança de Deus... Nisto está toda a Lei e os Profetas.

Isso não é uma redução no sentido comum da Palavra em que se julga o que é mais importante isso ou aquilo; mas, uma REDUÇÃO  no sentido químico da Palavra, no sentido de se EXTRAIR A ESSÊNCIA, aonde está o cerne o coração de tudo... ESTÁ EM AMAR A DEUS; EM ANDAR DIANTE DA SUA FACE; NO RELACIONAMENTO COM O NOSSO CRIADOR...

Poderíamos gastar toda a nossa vida com cada um dos versos da Torah, todos justos e verdadeiros, pois a Lei é Boa. Porém ela nos diz o que devemos fazer ou o que não devemos fazer, e em se andar Diante da Face do Eterno veremos o que é para ser feito, vamos imita-lo como Yeshua: 

"Então, lhes falou Jesus: Em verdade, em verdade vos digo que o Filho nada pode fazer de si mesmo, senão somente aquilo que vir fazer O Pai; porque tudo o que este fizer, O Filho também semelhantemente o faz."- (Jo. 5:19)

Jesus andava sem Lei? De maneira nenhuma! Ele é a TORAH que foi entregue no Monte Sinai, Ele é O Cumprimento da TORAH, Ele sem nunca ter pecado, sem jamais ter violado um só dos Mandamentos do Eterno, padeceu a Morte na Cruz, declarou: "Pai está consumado!", entregou-se à Morte, por causa dos pecados dos homens que não viveram segundo a Vontade de Deus. Viveram desejando conhecer "O Bem e O Mal", desprezando no entanto a Condução d'Aquele que é BOM, a saber O Nosso Deus e Pai.

 Como viver então?

"Portanto, sede vós perfeitos como perfeito é o vosso Pai celeste." - Mat. 5: 48

Yeshua discorrendo acerca das Leis, mostra que é muito mais do que fazer o que está escrito, ou não fazer. É muito mais do que nunca deitar com uma mulher que não seja a sua, por exemplo. É o que vai no teu coração, onde só Deus vê. É onde está o teu coração que importa.

Andando com Deus, imitando O Senhor, apenas fazendo o que vimos O Mashiach fazer, Ele é a Manifestação e a Imagem do Deus que nos libertou:

"Ele (O ETERNO), nos libertou do império das trevas e nos transportou para O Reino do Filho do Seu Amor, no qual temos a Redenção, a remissão dos pecados. Este é a imagem do Deus invisível, o primogênito de toda a criação;"

Assim como Yeshua só fazia o que via o Pai fazer, por causa da Intimidade e do Relacionamento; assim nós também vivamos O MASHIACH, na verdade O MASHIACH VIVA em nós, e sendo assim, vivamos por Ele, para Ele e para a Glória Dele.

Yeshua falando das Leis pelas quais O Nosso Deus incitou o seu povo para ser SANTO, porque SANTO É O NOSSO PAI BENDITO, declara "sede PERFEITOS, como PERFEITO é O Vosso Pai Celeste", a perfeição não está em conhecer o bem e o mal, como se saber, conhecer nos fizesse permanecer no que é bom e justo, porque se fosse assim, os mais doutos estudiosos da Lei poderia por si só fazer a Vontade do Nosso Pai que está nos Céus, porém, o mais simples dos seres humanos, quando reconhece a total dependência de Deus para viver, e por isso clama pela Presença de Deus em sua vida, para que todas suas ações possam ser dirigidas pelo Eterno e sua busca em conhecer a Palavra seja para que a cada dia mais íntima seja sua relação com O Deus Bendito que nos outorgou a Torah e nos deu Yeshua, e nunca para que sem Deus possamos viver por nossos atos de Justiça que para O Eterno são como trapos de imundícia, já que se cumprimos muitos atos baseados na Torah, fazemos questão que todos saibam que praticamos tais atos, já tudo o que a Torah nos incita a cumprir e não conseguimos, jamais expomos da mesma maneira, como se a obscuridade diante dos olhos humanos, pudesse nos escusar diante dos Olhos de Fogo.

Por isso, como foi o nosso Avraham Avinu, que possamos ouvir O Eterno hoje, que Santo é, que andemos Diante de Sua Face, para sermos então TEMYIMIM VEKEDOSHIM. (Perfeitos e Santos).


KI MITZION TETZSEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião sairá a Lei e a Palavra do Eterno de Jerusalém!)


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem