terça-feira, 19 de setembro de 2017

YOM TERUAH - 2017



YOM TERUAH

Nestes dias vamos ouvir muito falar sobre o ROSH HASHANÁ, o Ano novo Judaico, mas, a Bíblia fala sobre o primeiro dia do Sétimo mês. A tradição judaica que trouxe para os meses do ano nomes de demônios como Tamuz, parece muitas vezes se sobrepor à Palavra de Deus que deu nome apenas a um mês do Ano: O Mês, de Aviv, época em que Deus tirou o seu povo do Egito e da casa da servidão. Isso ocorreu a sete meses atrás. Há sete meses atrás celebramos Pêssach, no primeiro mês do Ano, segundo Deus.

Agora no Sétimo mês do Ano, vamos celebrar SUCOT, Tabernáculos, a Festa das Cabanas, a Festa do Milênio, a Festa que se cumprirá quando YESHUA reinar sobre todas as nações da Terra desde Jerusalém, implantando O Seu Reino de Amor.

Parece que nos últimos dias cada grupo de crentes tem anunciado coisas como as que citei acima: Os muçulmanos estão se organizando para a implementação de um Califado Mundial e para que o Mahdi (espécie de Messias Muçulmano), venha seguido pelo Jesus dos cristãos (que irá se prostrar diante dele), a promover uma JIHAD, contra todos os infiéis: Leia-se aí: "Os judeus e nós que cremos que Jesus Cristo é O Senhor e que somos a Noiva do Cordeiro."

Quem está com a razão? 

No meio dos cristãos, a confusão ainda é maior (por incrível que pareça). Alguns dizem que usar os instrumentos de culto dos judeus é invocar o Antigo Testamento, abolindo a Obra de Jesus Cristo na Cruz do Calvário; outros dizem que Jesus não voltará e que a Igreja, o Corpo de Cristo é Poderosa e tem o Poder de Deus para reinar nesta Terra e por isso temos que tomar os governos, e colocar os apóstolos como Presidentes e cristãos em todos os "Montes" da Sociedade (não para manifestar Cristo para as pessoas e todo o Seu Amor), mas, para governar mesmo!

Outros ainda gastam tempo discutindo se é antes, no meio ou depois da Tribulação, e ainda há os que digam que já estamos na tribulação.

Parece que o som estridente do Shofar vem para calar a todos, para nos silenciar, para nos despertar do sono entorpecer das doutrinas humanas, das teorias sobre isso e aquilo, nos chamando todos para VOLTARMOS PARA ELE!

Sim os shofares são apenas um símbolo, um símbolo de nós servos de Deus, e dos seus profetas, pessoas como nós, mas, que em nossos dias como outrora, tem dito apenas uma coisa: "Nós demos as costas para a Aliança que Deus fez conosco! VOLTEMOS PARA DEUS!."

Coisas simples como: Ler a Bíblia; Ouvir juntos o que o Espírito Santo nos está dizendo hoje; Adorar a Deus juntos; Orar juntos; Perdoar as pessoas que nos fizeram mal e se arrepender do mal que fizemos aos outros e contra nós mesmos diante de Deus, nos afastando Dele e da Sua Presença.

Em quase todos os nossos cultos queremos atrair a Presença de Deus, mas, com este som estridente do Shofar, o Nosso Deus, está nos dizendo algo diferente: Ele está querendo atrair a nossa atenção para A SUA PRESENÇA, para a Sua Verdade, para a Sua Palavra, para o Seu Salvador.

Há problemas em nossa vida pessoal (sem dúvidas!), há lutas em nossas famílias; há dificuldades nas congregações a que pertencemos; há tantas situações que às vezes parecem intransponíveis no mercado de trabalho onde ganhamos o nosso sustento; há tanta necessidade em nossas cidades (mais ainda para os desfavorecidos: os pobres, os sem casa, os presos por vícios ou pela miséria, etc); há tanta corrupção em nossa nação; há um descontrole tão grande nas instituições nacionais, vejam o Executivo de nossa nação; vejam o nosso Parlamento e até o Judiciário, parece que não há nada mais no que possamos confiar... Alguns clamam pela volta do Exército ao Poder!!! Não é possível crer que há pessoas que achem que a solução está aí! Há alguns que acreditam que só se o "chefe da quadrilha" que destruiu o Brasil voltar as coisas vão melhorar de novo. Se os nossos problemas, se as nossas necessidades ficassem só no âmbito de nossa nação poderíamos até ver solução no final do túnel, pois vemos Deus tratar com o Brasil e responder tantas orações que temos feito, mas, o Mundo é bem maior que os nossos problemas pessoais, e o que parece distante demais como a Coreia do Norte e o seu líder, o "Ping-Pong", amanhã poderá nos afetar numa nova Guerra que vai fazer com que a Economia Mundial passe por outra crise... Não falamos do Estado Islâmico, nem do Trump, nem do Macron, nem do Iran, nem de mais nada... Percebi que o parágrafo ficou grande demais quando pensamos na instabilidade e na fragilidade da vida que vivemos...

PRECISAMOS DE DEUS!

Precisamos saber em quem confiar e que NÃO HÁ SALVAÇÃO EM NENHUM OUTRO NOME!

Assim como todas as profecias se cumpriram em Yeshua (Jesus), mas, a nação de Israel que esperava o MASHIACH (O Cristo) não o reconheu como Senhor, escolhendo pois, a Barrabás, hoje não obstante toda a Palavra de Deus tão acessível a nós depois de 500 anos da Reforma Protestante, temos gastado tempo demais com palavras alarmantes sobre o dia da volta de Jesus, ou do fim do Mundo e temos gastado pouco tempo em oração, ao redor da Bíblia e na comunhão com os santos... Ouça o Shofar! Deus está chamando a nossa atenção! Despertemos do sono mortal da indiferença para com Deus.

Acho lindo demais quase 4 mil anos depois que o Carneiro ficou preso pelos chifres enquanto Deus gritava a Abraão: "NÃO MATE O SEU FILHO - (deixa que eu mato o Meu!)."

Pois João Batista levantou-se como o primeiro Shofar (chifre do cordeiro), para anunciar àquela geração: "Eis aí o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo"; e hoje em nossos dias, os "amigos do noivo" tem "sido" o segundo Shofar de Deus e muitos tem tocado o Shofar  como um símbolo, porém, mais importante do que isso, os amigos do noivo possuem em si mesmos UMA VOZ (UM SOM): anunciando em todas as nações (NO MUNDO INTEIRO DEUS TEM OS SEUS!): O Rei está voltando! 

MARANATA: O SENHOR VEM!

OUÇA O QUE O ESPÍRITO ESTÁ DIZENDO À IGREJA!

SHANÁ TOVÁ U'METUKÁ? NÃO! Para nós tudo começou bem lá atrás na Cruz do Calvário...

É O SÉTIMO MÊS! Logo será Tabernáculos... antes, como disse Joel: 

"Tocai o Shofar em Sião (Yom Teruah), promulgai um santo jejum (Yom Kipur), proclamai uma assembléia solene..."

"Alegrai-vos, pois, filhos de Sião, regozijai-vos no ETERNO, vosso Deus, porque Ele vos dará em justa medida a chuva; fará descer, como outrora, as primeiras e as últimas chuvas. As eiras se encherão de trigo, e os lagares transbordarão de vinho novo e de azeite. Restituir-vos-ei os anos que foram consumidos pelo gafanhoto migrador, pelo destruidor e pelo cortador, o meu grande exército que enviei contra vós outros. Comereis abundantemente, e vos fartareis, e louvareis o Nome do ETERNO, vosso Deus, que se houve maravilhosamente convosco; e o meu povo jamais será envergonhado. Sabereis que estou no meio de Israel e que eu sou o ETERNO, vosso Deus, e não há outro; e o meu povo jamais será envergonhado."

SUCOT - TABERNÁCULOS
O REI ESTÁ VINDO REINAR