sábado, 19 de novembro de 2016

LEVADO PELO ESPÍRITO





LEVADO PELO ESPÍRITO

Mt.: 4: 1 a 11 / Lc. 4: 1 a 30 / Mc. 1: 12 e 13
Isaías: 61
Gênesis: 11: 27 a 13: 4 


Mateus 4: 1 - "A seguir, foi Yeshua levado pelo Espírito (RUACH), ao deserto, para ser tentado pelo diabo." 

Yeshua cheio do Espírito Santo, do RUACH HAKODESH, é levado, conduzido, pelo Espírito ao deserto. É natural se pensar no Espírito Santo te conduzir à uma experiência mais profunda com Deus, a viver e compreender mais profundamente O Coração do Pai, e esta viagem certamente nos levará sempre a um confronto: A DESCONFORMIDADE entre O Reino dos Céus onde Governa O Nosso Deus com esta Terra, com o Mundo Natural em que o ser humano, que deveria governar em Nome do Eterno cedeu seu domínio à Satanás e a toda deformação, que nos afastou da Perfeita Vontade do Pai.

Yeshua a exemplo de Moisés, a exemplo de Elias, consagra-se, separa-se. A exemplo de Israel que foi conduzido pela Nuvem, vai para o deserto. BEMIDBAR (NO DESERTO), é o lugar onde Deus fala. Tudo nos é tirado, não há nada no deserto a não ser pedras, areia, sol escaldante e escassez. Falta água, não há alimentos... Toda a provisão que Deus deu ao ser humano quando o criou, colocando-o no Jardim que plantara no Éden, parece faltar no deserto. 

Já que tendo nos dado tudo, não valorizamos o mais importante que era a visitação de Deus, Sua Presença, parece que Deus, por vezes nos tira, ou nos conduz ao vazio, à falta, para que possamos apenas tê-lo, vê-lo.

Quando tudo nos é tirado, parece que estamos mais suscetíveis a ouvir O Criador, e Yeshua foi levado pelo Espírito à esta dimensão, realidade, condição.

Um grande mistério para todos é: Yeshua sabia quem ele era? Ou isso foi sendo revelado a ele? As palavras do anjo Gabriel; as experiências com os pastores, com os magos, certamente contadas e repetidas a Jesus por seus pais, foram moldando seus passos. O caráter e santidade em sua vida, característica única do "Segundo Adão", do MASHIACH, seu temor por Deus, sua obediência à Torah de uma forma natural, seu amor verdadeiro aos pais e à vida, e às pessoas, certamente o distinguiu dos demais, porém, certamente nestes 40 dias no deserto, depois do Pai ter publicamente o chamado: FILHO, e lhe ter dito: ESTE É AQUELE QUE ME DÁ ALEGRIA, O Eterno, revelou-se a Yeshua de uma forma particular. 

Ali, levado pelo Espírito, no deserto, BEMIDBAR, Yeshua em sua humanidade tenha se encontrado com a Eternidade.

No deserto, O Eterno entregou a Torah a Moisés. No deserto A Torah que se fez carne e habitou entre nós, encontrou-se com O Eterno, consigo mesmo e com o seu propósito.

Moisés ficou 40 dias na Presença do Pai, e recebeu as tábuas da Lei; quebrou-as, com ira pelos pecados do povo. Teve de esculpir novas tábuas de pedra, para que durante mais 40 dias recebesse novamente as 10 Palavras do Eterno.

Elias caminhou 40 dias, até Horebe, mas, lá chegando, meteu-se numa caverna! Estava no Lugar certo, mas, com a disposição errada de coração. Deus precisou ralhar com ele, mostrando que ele não era o único, mas, havia ainda 7 mil, com quem Deus contava.

O povo de Israel, viveu 40 anos no deserto, porque aquela geração de incrédulos, ainda que vivesse 40 mil anos, não se converteria. Mas, a nova geração que nasceu no deserto foi habilitada para crer e entrar, para possuir a Terra Prometida.

Para Yeshua, bastou 40 dias. 

Terminados, os 40 dias, Satanás aparece, para o tentar.

Quando Avraham Avinu, (o nosso pai Abraão), é levado por Deus, até a Terra que O Eterno lhe mostraria, sabemos que a jornada não foi tão simples assim, sendo que de Ur dos Caldeus, de onde Deus o chamou, Avram (Abrão), faz um "pit-stop" em Haran, levando seu pai Terah consigo, e lá este acaba morrendo. Também Ló seu sobrinho é levado, sua "mala sem alça", embora O Eterno lhe tenha dito: "sai da tua Terra, da tua PARENTELA e da casa do teu pai e VAI PARA A TERRA QUE VOU TE MOSTRAR". 

O Pai da Fé, estava ainda aprendendo, e demonstrando que nossa cabeça dura e tardia para obedecer, diferente da MENTE DE CRISTO, que nos é dada pelo Espírito quando entregamos nossa vida a YESHUA, é um legado humano que temos que rejeitar!

Quando levado por Deus, conduzido por Deus, Avram, chega na Terra da Promessa, toda a terra está completamente tomada por povos descendentes de KNAAM (Canaã), o filho amaldiçoado de HAM (Cam), pelo pecado que este cometeu contra o seu pai NOACH (Noé).

Ante esta decepção, esta resistência, cuidadosamente preparada por Satanás, tentando esconder O Propósito de Deus dos olhos de Abraão, de que aquela Terra, tinha dono. O Propósito do Eterno de que, daquele lugar um dia YESHUA reinasse sobre todas as nações da Terra, local de onde O Universo fora criado, local de onde O Eterno tomou o barro para fazer o homem, fora ofuscado pela multidão de posseiros que estavam naquela Terra.

Abraão diferente de Yeshua, não conseguiu observar, neste seu "deserto", a firmeza da condução do Eterno que nunca erra o caminho, ou é pego de surpresa. Infelizmente, Avram, não permanece na Terra e continua a andar indo até o Sul, e seguindo até O Egito, lá quase põe a perder O Plano da Redenção, entregando sua esposa ao Faraó.

Estes encontros com os descendentes de HAM (Cam), Knaam (Canaã) e Mitzraim (Egito), e seus descendentes, os Faraós, talvez tenha significado para Avraham, o mesmo tipo de tentação que Yeshua sofreu de Satanás... Um jeito mais fácil de obter o que O Eterno tinha para sua vida...

O Pai da Fé, por misericórdia do Eterno, e porque Deus tomou a iniciativa, pois assim disse O SENHOR: "FAREI DE TI", demonstrando que O Próprio Deus é quem tomara a firme decisão e atitudes necessárias de FAZER de ABRAÃO, um Pai de Nações, O Pai da Fé. Abraão foi livre e conduzido de volta à Terra Prometida, numa condição de arrependimento, coisa que Yeshua não precisou, pois Ele mesmo tentado pelo Diabo, permaneceu firme em Deus!

A PALAVRA SE FEZ CARNE

Não há em toda a Torah, texto mais conhecido e repetido, e dentro do coração de todos que: "SHEMA ISRAEL, ADONAI ELOHEINU, ADONAI ECHAD" (Ouvi Israel, O Eterno, Nosso Deus é Um), pois o texto que se segue em Devarim (Deuteronômio), é justamente de onde Yeshua saca as três poderosas respostas para destruir todo o argumento diabólico de Satanás, depois da fragilidade física, seguida àquela experiência tão gloriosa com O Pai, naqueles 40 dias.

Satanás, tenta Jesus em seu físico, semelhantemente o que fizera com Eva, quando a tenta para que comesse do fruto proibido que parecia ser "bom ao paladar" ou "bom para se comer", O Tentador diz a Yeshua: "Se és Filho de Deus?". 

O Pai disse quem Yeshua era, Ele não tinha que provar nada a ninguém, e muito menos a Satanás. Conhecer a Vontade de Deus, sempre nos levará a dois caminhos: A Obediência que nos dará Vida Eterna e atrairá sobre nós as Bênçãos de Deus, ou a Rebeldia, que nos levará à morte e atrairá sobre nós as Maldições.

Desta vez, Satanás, não encontrou a mau instruída Eva, mas, O MASHIACH, que lhe responde segundo A TORAH: "nem só de pão viverá o homem, mas, de toda a PALAVRA que procede da Boca de Deus"

A Torah ganha vida, sentido, cumprimento em YESHUA, Ele a usa como uma espada cortante e destrói o argumento de Satanás. Ele era o filho de Deus, Ele poderia ter sim usado seu poder para transformar pedras em pães, mas, YESHUA era TOTALMENTE DEPENDENTE DO PAI, e confiou a Ele sua provisão, como era no Éden, em que tudo o que o homem poderia precisar lhe estava à disposição, dado por Deus. A Mentira de Satanás, não foi recebida por Yeshua.

Um dia Yeshua ensinaria seus discípulos a orar, e através deles, a nós todos. Devemos orar constantemente entre outras coisas: "Pai, dá-nos o nosso pão de cada dia, hoje". 

É certo que Yeshua não está falando de Pão, feito de farinha e água de qualquer tipo que este mundo conheça, mas, "O Pão nosso de cada dia", fala das necessidades mais básicas e elementares que temos nesta vida, e a Provisão para todas elas está em Deus, novamente, como era no Éden, assim está em Deus, através do MASHIACH, as nossas necessidades supridas, MAS...

NÃO É DE NECESSIDADES SUPRIDAS QUE O HOMEM VIVERÁ! E se Deus não suprir? E se nisso estiver a tentação de Satanás, e se em momentos de deserto, em que Deus quer nos levar a uma experiência profunda com Ele, Satanás, te tentar dizendo: "tá vendo! dá teu jeito, pois Deus não vai te suprir agora não, Ele se esqueceu de você e se você não tomar uma atitude, você e sua família vão perecer... Vai, faz um assalto! Furta! Usa o cartão de crédito! Pede dinheiro emprestado! Vai! Se você não fizer nada, ninguém vai fazer nada por você...

Vamos, use A PALAVRA. A Palavra que se fez carne e habitou entre nós, agora vive em teu coração, através do Espírito Santo... Repita o que Yeshua disse ao Diabo: "Olha aqui Satanás do Inferno, não SÓ DE NECESSIDADE SUPRIDAS, VIVEREI EU, MAS, DE TODA A PALAVRA QUE PROCEDE DA BOCA DO MEU DEUS!". Yeshua venceu. Nós venceremos Nele!

O Salmo 91

Desde a tentação no Jardim, Satanás usa o mesmo expediente para nos levar ao pecado, ele DISTORCE A PALAVRA DE DEUS. Assim como ele disse que não era "bem assim", o que Deus tinha dito, com respeito ao Fruto proibido, Satanás, leva Yeshua ao Pináculo do Templo. Um lugar muito alto, que poderemos comparar ao Topo da Religião. E de lá de cima, Satanás usa as palavras do Salmo 91 que diz: "O Eterno dará ordem aos seus anjos para o guardar". E então o Vil Tentador diz: "Se és filho de Deus, atira-te abaixo".

Quantos homens de Deus foram enganados justamente aqui. Quantos ungidos, quantas pessoas realmente cheias do Propósito do Eterno para suas vidas se lançaram a iniciar ministérios, fazer coisas, que jamais Deus lhes tinha pedido. Você não é "ungido", você não é pastor também? Você não sabe fazer? Você precisa ficar esperando ordem para tudo? 
"VAMOS SE LANCE! INICIE! SE DER ERRADO DEUS PERDOA" - Deus há amparar sua Rebeldia com MISERICÓRDIA! NÃ NÃ NÃO!!!

"A soberba precede a ruína" assim como "a humildade precede a honra". No dia que você "se achar", o próximo passo é a tua destruição. NÃO SE LANCE! NÃO FAÇA ISSO!

YESHUA, deu um pulo atrás, imagino eu, e disse: "também está escrito Satanás: NÃO TENTARÁS O ETERNO TEU DEUS! ALELUIA!!!!

O Apóstolo Paulo escrevendo aos corintos, como um pai que sonha entregar a sua filha virgem, a um homem só, a saber: A YESHUA HAMASHIACH, nos instrui dizendo e pedindo: "Suportem um pouco mais a minha loucura, me suportem, pois quero apresentar vocês a um marido apenas, a saber a Yeshua, pois temo que como Eva foi tentada e caiu, vocês da mesma forma, não permaneçam em Deus." O que temia Paulo? A facilidade com que Satanás distorce a Palavra de Deus, e que fala "meias-verdades", que são facilmente absorvidas por nós, já que há verdades, porém desprezando as mentiras, nos lançamos a nós mesmos, no pecado e atraímos sobre nós todo tipo de maldição... Pule para trás! Dependa de Deus... Confie em Deus! VOCÊ É UM FILHO DE DEUS, através de YESHUA.

A GUERRA É PELA A ADORAÇÃO

Satanás diante da firme resistência de Yeshua, "perde a compostura", se é que O Mal tem alguma? 

O Tentador chega ao nível tão baixo de propor que Yeshua, que certamente teria de lidar com a inconstância do ser humano, com a maldade, com a soberba, ganância, tudo fruto da deformação do pecado que a mordida da serpente trouxe aos seres humanos, que Yeshua, encurtasse o caminho, e que tivesse um trabalho menos árduo.

Satanás que caiu quando quis ser adorado. Ele que era O Líder a Adoração celestial, ao Eterno. Ele que como vemos hoje os ministros de adoração, que cantam e tocam e estão muitas vezes dirigindo os santos de Deus para adorarem O Pai, se confundem achando que as pessoas estão chorando, sendo tocadas pelos acordes musicais, pelos solos de guitarra, pelas vozes tão bonitas, pelas letras tão bem elaboradas, mas, não! O que estão fazendo é entregarem-se a Deus. 

Porém, não é incomum, que tentados a cair aonde Satanás caiu, que os adoradores chamem para si, para o que fazem a atenção, roubando de Deus a adoração...

Satanás que conseguiu atrair um terço das estrelas de Deus, desesperado por poder colocar o seu trono acima do Trono do Eterno, pede a LOUCURA de que YESHUA, se prostre e o adore, porque "tudo o que ele possui poderia lhe dar"...

Por incrível que pareça, Satanás dá tudo o que tem, ainda hoje, para aqueles que prostrados o adorarem!!! O que ele tem? NADA! Na verdade, uma passagem para o inferno... Mas, como ele é o Principe deste Século, ainda consegue enganar, cegar, roubar a consciência de tantas pessoas, que acham que o dinheiro, as facilidades, o luxo, os prazeres, podem ser conduzidos para além de 70 ou 80 anos de vida... O Pai da Mentira, tenta Yeshua dizendo: "Todos os reinos deste mundo são meus, e eu te darei, se prostrado me adorares". Em outras palavras: Para que sofrer? Para que ir para a Cruz? Para que? Me adore que eu te dou tudo!

Mas, Yeshua lhe respondeu: "Satanás, "KAKATUV" (ESTÁ ESCRITO), "Só ao Eterno teu Deus adorarás e só a Ele servirás (lhe darás culto)"... H A L L E L U Y A H ! ! ! ! !

Quando Verdadeira Adoração é dirigida ao ÚNICO QUE É DIGNO, O Mal tem que fugir, ele não suporta, pois ele sabe de onde caiu.

Quando Satanás deixa a Yeshua, os anjos passam a servi-lo. Há coisa mais linda que essa? O Pai, olhando O SEU FILHO AMADO, EM QUEM ELE TEM PRAZER, vencer o poder de Satanás pela TORAH, e talvez impedindo que os trilhões de anjos que O Servem de intervirem naquele confronto, pois YESHUA é O Campeão do Pai, e é suficientemente capaz de destruir O Mal em todo o campo de batalha que se enfrentarem. 

Os anjos serviram a Yeshua, e talvez, como no dia do seu nascimento, que vontade devem terem sentido, se é que não romperam em cânticos, adorando a Yeshua, por tão tremenda vitória.

NO PODER DO ESPÍRITO

Se Yeshua foi conduzido, levado para o deserto pelo Espírito, agora ele volta do deserto NO PODER DO ESPÍRITO SANTO, estava agora então apto a iniciar o Seu Ministério, a Manifestar O Pai de forma visível neste mundo e para onde foi em primeiro lugar?

Para casa, para Nazaré, onde havia crescido, onde estavam sua mãe, irmãos e irmãs, e certamente na Sinagoga onde frequentou durante toda a vida, mais uma vez, chega, sem contar tudo o que recentemente havia experimentado com Deus, desde que fora até Yohanam (João Batista), para ser por ele batizado...

Yeshua logo foi chamado à Bimah (Mesa onde a Torah é aberta), e então lhe deram o Rolo do Profeta Yshaiahu (Isaías), e Yeshua procura o texto que está no Capítulo 61.

"RUACH ADONAI HASHEM ALAI YAAN MASHECH HASHEM OTI LEVASSER ANAVIM SHELACHANI LACHAVSH LENISHVREI LEV LIKRO LISHVUIM DROR VELASSURIM PIKACH KOACH LIKRO SHENAT RATZON LEHASHEM..."

"O Espírito do Senhor 'ETERNO' está sobre mim, porque O ETERNO me ungiu para pregar boas novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados e anunciar O Ano Aceitável do Eterno..."

Quando Lucas vai contar o que ocorreu naquele memorável dia, ele dá uma interpretação à leitura que Yeshua faz, explicando o que são ou quem são os "quebrantados" e "os cativos e algemados", veja como ele escreve:

"O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu para evangelizar os pobres; enviou-me para proclamar libertação aos cativos e restauração da vista aos cegos, para pôr em liberdade os oprimidos e apregoar O Ano Aceitável do Senhor."

O Texto de Isaías segue, falando do Ano do Jubileu, O ANO ACEITÁVEL (RATZON) - O ANO DO PRAZER, DA VONTADE, DO FAVOR, DO ETERNO, época em que a Vontade do Criador dos Céus, se manifestará sobre a Terra. 

Sem dúvida alguma, este período fala do Governo do MASHIACH nesta Terra, mas, é curioso que a profecia de Isaías, cita as duas fases da Manifestação do MASHIACH, quando ele veio como BEN YOSSEF (Filho de José), O servo sofredor, e quando virá BEN DAVID (Filho de David), Poderoso e para Reinar.

Quando Lucas descreve este momento em que Yeshua estava lendo, ele destaca o fato do Mestre ter fechado o Rolo, coisa que trouxe os olhos de todos sobre Si, sendo que logo em seguida ele sentou-se numa cadeira e disse: "Hoje se cumpriu as palavras que acabaram de ouvir".

O "Fechar O Rolo", separa os tempos do Ministério do MASHIACH, em que em primeiro lugar,  veio trazer Salvação aos seres humanos, restauração, libertação, cura, enfim: Esperança. Do tempo em que virá como Juiz e Rei, para Julgar e Reinar, restabelecendo todas as coisas. O Tempo da Restauração de todas as coisas.

YESHUA, que tinha sido Cheio da Plenitude do Espírito; que conduzido pelo RUACH ao deserto volta NO PODER DO ESPÍRITO, mostra segundo A Profecia ser Ele O Cumprimento desta e de todas as Profecias!

O Inicio do seu Ministério se dá, com a Revelação clara de quem Ele é e do que Ele faria. 

Yeshua toma a CÁTEDRA (cadeira), de AUTORIDADE, para anunciar a Satanás, aos homens, aos Céus: que chegou para Estabelecer O Reino de Deus entre os homens, chegou para ficar e para restaurar O Trono de Davi, O Tabernáculo caído de Davi, pondo O Trono de Deus entre os homens!

A resistência satânica cada vez mais intensificou-se. Satanás que através de Herodes tentou matar o "Rei dos Judeus", quando ainda um bebê, agora sabendo que Yeshua é O MASHIACH, tenta mais uma vez, como outras tantas em sua vida, não sabendo qual e como era O Plano da Redenção de Deus, já que as Profecias eram e são um Código fechado de revelação apenas através do Espírito Santo, no decorrer dos anos e dos dias... 

A multidão, os religiosos impulsionados por Satanás tentam jogar Yeshua de um Alto Monte em Nazaré, mas, surpreendentemente Yeshua desaparece do meio deles todos... Ninguém podia matá-lo, Ele no tempo certo se daria por Amor a todos nós.


BARUCH HU YESHUA HAMASHIACH!

Assim como Avraham desceu para O Egito, mas, voltou de lá e retomou o que Deus tinha proposto para sua vida, Subindo de novo para O Lugar do Encontro. Ser conduzido, levado pelo Espírito Santo, nos permitirá nos encontrar ou ser reconduzidos para O Centro da Vontade de Deus, como Yeshua viveu, para que mesmo em nossos erros pudéssemos ser perdoados e restaurados... 

Se deixe então ser levado pelo Espírito. Busque A Presença de Deus, e seja batizado com O Espírito Santo e com Fogo, pois O Cordeiro de Deus que tira o pecado do Mundo é o mesmo que enviou para nós O Seu Espírito.


A ELE SEJA A GLÓRIA ETERNAMENTE˜! AMÉM.


KI MITZION TETZEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião virá a Lei e a
Palavra do Eterno de Jerusalém!)

LEIA TAMBÉM O COMENTÁRIO DA PARASHAT HASHAVUA (A Porção da semana): VAYERÁ (Click aqui)


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem