sexta-feira, 25 de novembro de 2016

GALILÉIA DOS GENTIOS - A LUZ BRILHOU



GALILÉIA DOS GENTIOS - A LUZ BRILHOU
PRIMEIROS DISCÍPULOS E PRIMEIRO MILAGRE

João 1:35 a 2:12 e João: 3:22 a 36/ Mateus 4:12 a 22/ Marcos 1:14 a 20 
Isaías: 9: 1 a 7
Gênesis: 15: 1 a 21 


João 1: 35 a 37 - "No dia seguinte, estava João outra vez na companhia de dois dos seus discípulos e, vendo Jesus passar, disse: 'Eis O Cordeiro de Deus! Os dois discípulos, ouvindo-o dizer isto, seguiram Jesus."


Não é fácil identificar com clareza passo a passo, como as coisas se deram nos primeiros dias do Ministério de Yeshua, visto que os Evangelhos não foram escritos com um texto documentário, mas, para revelar Quem é O Mashiach e de que maneira Ele nos comprou com o preço do seu Sangue, para a Remissão de nossos pecados.

Pela descrição de João parece que um dos discípulos de Yeshua, que tinha sido discípulo de João, O Batista, ouvindo o testemunho de seu Mestre, segue a Yeshua. Tenho certeza que qualquer um de nós faria o mesmo! 
Yohanam (João), já tinha declarado que não era o Mashiach, mas, aquele que viria depois dele, sim, Aquele que batizasse com O Espírito Santo e com Fogo, este era a quem todos esperavam.

Por conta disto, aparentemente Yeshua ainda sozinho, recebe a André e mais alguém no local onde vivia. Se Shimeon (Simão), irmão de André, estava na mesma região, porque teria ido até João para também ser batizado, não sabemos, mas, o fato é que Yeshua, conhece estes dois irmãos que serão membros do seu time, e O Segundo Adão, não tarda em usar a prerrogativa que O Eterno deu ao homem: Nomear para se marcar destinos!

Pois o que parece até uma brincadeira, como se Yeshua tivesse o hábito de colocar apelidos em pessoas, na verdade Ele estava marcando o destino daquele que seria o seu mais famoso discípulo: "Kefas" (Pedro - Petrus - Pedra ou Pedregulho).

Há uma grande lição neste primeiro encontro de Yeshua com seus futuros discípulos! André, discípulo de João, tendo ouvido o testemunho acerca do Cordeiro de Deus, na boca de seu próprio Mestre, segue a Yeshua, e depois de passar a noite com Ele, reconhece ser, Aquele que foi batizado por Yohanam, e sobre quem repousou O Espírito Santo, O MASHIACH, Aquele a quem todos esperavam, e ao descobrir isso, a PRIMEIRA PESSOA, com quem André foi falar, contar a novidade, foi seu irmão: SHIMEON (Simão Pedro).

André não sabia que pouquíssimo se falaria dele no futuro. Que as pessoas não teriam muito a dimensão do que realmente ele fez para o Reino de Deus, depois que O Espírito Santo veio sobre aquelas 120 pessoas... André se tornaria conhecido, como o irmão de Pedro, só isso!

Quando você conhece um grande tesouro, guarda só para você, ou compartilha com quem você ama? NÃO TENHA PRESSA EM RESPONDER...

André, a despeito dos irmãos que se matavam e se odiavam nos escritos da TANACH (Livros que compreendem a Torah, os livros históricos e os escritos proféticos e poéticos), como Caim e Abel; Esaú e Jacó, Eliabe e David. André vai contar para o seu irmão que encontrou O MASHIACH! Isso é lindo demais...

Há tanto orgulho, tanta vaidade, tanto desejo de tornar-se mais famoso do que cumprir o que Deus espera de nós, mas, esta lição o primeiro discípulo de Jesus deixará para sempre marcado em nosso coração: O que importa é que A Vontade de Deus seja feita... Que possamos promover encontros, que possamos ser pessoas que vão apresentar pessoas a Jesus Cristo, que se tornarão tão conhecidas, e farão coisas tão tremendas, que serão conhecidas pela Eternidade... Se alguém perguntar um dia: "Porque aquela pessoa, não fez ela mesma tais coisas grandiosas?", que você possa responder, que seremos Galardoados por Deus, não pelo que fizemos, mas, pelo que fizemos SEGUNDO A VONTADE DE DEUS! 

Portanto o André que está em mim, chama O Pedro que está em ti para conhecer A YESHUA. Talvez O Eterno tenha me chamado para ser alguém que vai apresentar pessoas a Ele. Só isso! Quero glorificar a Deus então em meu chamado! Vamos lá! VOCÊ VAI AMAR CONHECÊ-LO! É Aquele a quem todos nós estávamos esperando...

Nos parece que estes dois irmãos, depois na Galiléia, em KFAR NAHUM (Cafarnaum), são vistos por Yeshua, que os reencontrou e imediatamente os chamou.

Logo depois também Yeshua viu a Yakov (Tiago) e Yohanam (João), filhos de Zavdi (Zebedeu), também pescadores como  Kefas e Andrai (André), e também os chamou. Estes Tiago e João, que trabalhavam com seu pai e com outros empregados, deixaram tudo e seguiram a Yeshua.

O time está se formando e Yeshua "encontra" Felipe. 
Esta palavra (entre aspas), nos dá uma ideia, no texto original, de que O Mestre "descobriu", como se estivesse procurando a Felipe. Este semelhantemente ao que fez André, vai correndo contar para seu amigo Natanael BARTOLEMAI (Bartolomeu ou filho de Tolemai), e este passa a ser conhecido como Bartolomeu, "Um verdadeiro israelita, em quem não há dolo (engano)".

Yeshua diz para Natanael Bartolomeu, que morava em Caná, que o viu embaixo da figueira, antes mesmo de Felipe o encontrar. Este que tinha dito a seu amigo: "Pode sair alguma coisa boa de Nazaré?" 

Talvez Yeshua destacou a sinceridade ácida dos israelitas, mas, fica claro que Ele o quis. Não houve decepção, O Mestre o quis em seu time, e a Palavra de conhecimento que lhe entrega, impacta Natanael, e O Nosso Redentor lhe assegura que coisas muito maiores ele ainda veria. Lembrando a Escada que o Patriarca Yakov viu, que ligava os Céus à Terra, por onde anjos subiam e desciam, talvez Yeshua tenha apontado o tempo incrível que Natanael participaria, logo depois que Yeshua voltou as Céus, quando O Espírito Santo se derramou em Pentecostes.

André, Pedro, Tiago, João, Felipe e Natanael. Metade do time já está formado... É muito provável que estes tenham visto como tudo começou...

CASAMENTO EM CANÁ DA GALILÉIA!

Yeshua amava festas! Ele juntamente com sua mãe, irmãos e irmãs foram para este casamento, e seus discípulos também foram. Nos parece ser um casamento importante de pessoas ricas, pois pessoas de outras cidades foram até Caná para tal celebração.
Não dá pra saber se foi pelo excesso de convidados, ou de "bicos", dentre os quais talvez alguns dos discípulos de Jesus, mas, em algum momento acabou o vinho da Festa...

Miriam, mãe de Yeshua, como qualquer mãe, qualquer mulher preocupada com os noivos, com a família que celebrava a festa, amigos por certo, para que não se constrangessem, procura Yeshua e diz a ele, algo informal, coisa de mãe pra filho, e O Mestre no mais sincera e ácida resposta israelense (a exemplo de Natanael), lhe responde: "o que tenho eu contigo mulher? Ainda não chegou a minha hora!"

Yeshua não desrespeitou sua mãe, agora como adulto, arrimo de família, sem as prisões almáticas dos latinos, dá atenção ao pedido de sua mãe, embora deixe claro que é a Vontade do Pai, que vai dirigi-lo por toda a sua vida e ministério.

Miriam sabiamente, como as santas matriarcas, orienta que os criados que serviam na Festa fizessem exatamente tudo o que Yeshua dissesse.

Bem ali haviam 6 "TALHAS DE PEDRAS PARA A PURIFICAÇÃO DOS JUDEUS" - Os judeus tinham estruturas para banhos de purificação desde os dias da Torah, são as Mikvês. Estruturas que retêm as águas das chuvas. O Rio Jordão, local onde Yohanam batizava, é um Mikvê natural, e embora seja difícil entender o que eram as tais "Talhas de Pedra), já que ainda hoje não se acham tais estruturas com facilidade em Israel, (a não ser na própria cidade de Caná, onde no local onde aparentemente este primeiro milagre ocorreu, há um recipiente de pedra que se entende ser do tipo narrado em João).

Yeshua ordena que estes recipientes fossem cheios. Os servos O obedeceram, enchendo-os totalmente. De lá O Mestre ordena que seja apresentado ao Mestre de Cerimônia o líquido colhido e este admira-se e honra o noivo dizendo que geralmente se oferece primeiro aos convidados o vinho de melhor qualidade e depois vinhos inferiores, mas, este noivo, ofereceu o melhor vinho já no final da festa.

Quantas lições, para os seus discípulos recém arregimentados; para nós, para todas as gerações...

Se os recipientes eram Micvês, locais usados para os batismos, Yeshua que havia acabado de se batizar, transformou Água em Vinho, mostrando que Água é usada para limpar o Corpo, mas, Purificação, só pode ser realizada com Sangue, simbolizado pelo Vinho, O Sangue do Cordeiro Santo. O primeiro milagre realizado por Yeshua talvez então aponte para O MAIOR MILAGRE que Deus realiza na vida de um ser humano: Perdoar-lhe os pecados e limpar-lhe de toda iniquidade!

Da mesma forma, se os recipientes eram apenas para purificar as mãos, embora não vejamos outras estruturas assim nas Escrituras, O Primeiro Milagre de Yeshua é realizado num ambiente de Festa, em estruturas usadas para Purificação (razão talvez pela qual os criados não disseram de onde fora tirado o vinho servido).

O Vinho também celebra a Alegria, e acabar o vinho num casamento além de ser uma vergonha para o noivo ainda aponta para o fim da Alegria nesta data tão inesquecível.

Pois o mesmo Yeshua que realizou este milagre naquele casamento está pronto a manifestar a mesma misericórdia em casamentos que viraram água, restaurando a Alegria, a Pureza e a Honra. FAÇAM TUDO O QUE ELE MANDAR, é o conselho de Miriam, que ainda hoje serve perfeitamente para qualquer um de nós.

Desta maneira se iniciou O Ministério de Milagres de Yeshua, que voltou dos montes da Judéia, onde foi tentado por Satanás, NO PODER DO ESPÍRITO SANTO.

Quando se iniciou este tempo de Milagres do Ministério de Yeshua, precisamos perceber que ele jamais terminou, já que Ele Vivo está e ainda hoje opera milagres nas vidas de todos os que Nele confiam. Portanto, entenda que o primeiro e maior Milagre que Yeshua pode realizar em tua vida é a Salvação e a Purificação do nosso coração dos pecados que cometemos... Quando ESTE TEMPO DE MILAGRES SE INICIA, entenda: ELE NUNCA MAIS VAI ACABAR...

A Galiléia dos Gentios para que se cumprisse a Profecia de Isaias, começa a ser acesa pela Luz do MASHIACH, região entenebrecida, viu tamanha Glória! O Ministério de Milagres e sinais que Yeshua realiza ali nas cidades ao redor do YAM KNERET (Mar da Galiléia), se fossem ser contados um a um, como disse João, o discípulo amado, o Mundo inteiro não poderiam conter os livros que poderiam ser escritos.

Um dia O Pai da Fé, entristecido por ainda não ter filhos naturais, embora a promessa sobrenatural lhe tivesse sido feita. Avraham Avinu (nosso Pai Abraão), chega a pensar numa situação natural de que o herdeiro de seus bens seria o seu servo Eliezer. Ele estava preso em sua miséria humana, pela esterilidade de sua esposa e por sua idade avançada, e naquele dia O Eterno o chama para fora de sua tenda, e o põe a contemplar o céu.

Abraão vendo aquele mar de estrelas, ouve do Eterno: "conta as estrelas! Se é que podes... assim há de ser a tua descendência".  

Avraham quando recebe Isaque em seus braços, O Filho da Promessa, ainda que tenha se alegrado, ainda assim, não conseguia realmente contemplar O Tamanho do Milagre que O Eterno lhe fazia, pois, através de Yeshua milhões de pessoas seriam geradas, como as estrelas do céu, filhos para Avraham.

Gálatas 3: 29 - "E, se sois de Cristo, também, sois descendentes de Abraão e herdeiros segundo a promessa."

Talvez o pai do noivo, naquele casamento em Caná, envergonhado pelo fim do vinho, não tivesse ideia do que estava por suceder, que faria daquele casamento e da honra manifesta naquelas Bodas, o casamento mais falado e lembrado em todo o mundo... Assim é Deus para conosco...

Da vergonha Ele nos arranca para nos dar Porção de Primogenitura, Dupla honra.

Quando Avraham Avinu, questiona o Eterno sobre como terá certeza que tal promessa se cumpriria, O Todo Poderoso, ordena que O Seu Amigo, sacrificasse uma Novilha, um cordeiro e uma cabra, juntamente com duas rolinhas. O Pai da Fé sacrifica os animais e os parte ao meio, mas, não sacrifica as aves. Então um Fogareiro fumegante e uma Tocha acesa passaram entres aqueles animais partidos, e neste dia Deus promete a Abraão, que entregaria 10 nações, dos povos que habitavam a Terra Prometida nas mãos de seus descendentes. Quando as dez nações são citadas, Deus demonstrava que todas as nações seriam entregues nas mãos de seus filhos, pois 10 representa o todo.

Quando a Água para Purificação, foi transformada em Vinho,  O MAIOR E PRIMEIRO MILAGRE que O Eterno quer realizar em nossa vida é feito, todo o mais que for necessário também se manifestará. O que nos cabe? CRER!!!!

O que devemos fazer? Tudo o que O Mestre nos orientar! Quem é a Garantia desta Aliança? ELE MESMO! O FOGAREIRO FUMEGANTE e a TOCHA ACESA, estão selando esta Aliança entre nós e O Eterno, através de YESHUA HAMASHIACH.


O TEMPO DE CANTAR CHEGOU!!!


Curiosidades sobre os Apóstolos:

André - Pregou na Ásia menor e na região costeira ao Mar Negro, chegando até o Rio Volga e a Kiev. A tradição dá conta que ele tenha iniciado a Igreja em Bizâncio, cidade na divisa entre a Europa e a Ásia menor, que no futuro chamou-se Constantinpla e hoje Istambul, na atual Turquia. André morreu crucificado na Acaia, região ocidental da Grécia, embora os textos mais antigos dão conta que ele teria sido amarrado e não pregado e uma cruz. Também é bastante comum a tradição que André tenha sido crucificado numa Cruz em forma de X, embora não há documentos históricos que comprovem tais fatos.

Tiago - Filho de Zebedeu e Salomé, irmão de João, Yakov, era um dos discípulos mais íntimos de Yeshua, tendo sido testemunha ocular da ressurreição de Talita, da Transfiguração e do sofrimento de Yeshua no Monte das Oliveiras, que pedia para que ele Pedro e seu irmão permanecessem acordados. Chamado junto com seu irmão, por Yeshua de BNEI RANESH (BOANERGES) - Filhos do Trovão. YAKOV, pela tradição pregou na Europa Ocidental logo depois de Pentecostes, chegando até a Espanha, e voltando à Judéia onde foi martirizado no ano 44 da Era comum, não há clara clara concordância de que maneira foi morto. Certamente não é ele, mas, um impostor que está em Santiago de Compostela na Espanha, mito que gera peregrinos de vários lugares do mundo, para um local cheio de idolatria.

Felipe - Pregou o Evangelho do Reino em Israel, na Grécia e na região da Turquia, onde estavam as 7 igrejas da Ásia menor. Foi crucificado e depois apedrejado no ano 80 da Era Comum na região da Frígia (também na Ásia menor, região do seu apostolado).

Natanael - Desenvolveu seu apostolado na Índia, talvez apoiando Tomé, e segui até o local onde foi martirizado tendo sua pela arrancada (foi esfolado), na região entre o Mar Negro e o Már Cáspio, no Cáucaso, na atual cidade de Derbent da Província Russa do Daguestam.

Pedro e João, você sabe!




KI MITZION TETZEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião virá a Lei e a
Palavra do Eterno de Jerusalém!)

LEIA TAMBÉM O COMENTÁRIO DA PARASHAT HASHAVUA (A Porção da semana): CHAYIÊ SARAH (Clique aqui) 


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem