sexta-feira, 28 de outubro de 2016

BERESHIT HABESSORA - NO PRINCÍPIO O EVANGELHO






BERESHIT HABESSORA - NO PRINCÍPIO O EVANGELHO
João 1: 1 a 14 / Marcos: 1:1 e Lucas: 1
Malaquias 4: 1 a 4
Gênesis: 1 e 2 


João 1:1 - "No Princípio era A Palavra, e a A Palavra estava com Deus e a Palavra era Deus."
Marcos 1:1 - "Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, Filho de Deus."

"Os judeus chamam o Hebraico de "LASHOM KODESH" - A língua santa. Idioma no qual a Torah, os Profetas e os Escritos foram gravados, língua falada pelos Patriarcas, única língua morta (depois do Cativeiro Babilônico), que voltou à vida (Ressuscitou), quando Eliezer Ben Yehuda ensinando a seus filhos o Hebraico bíblico, codificou a língua e sonhou com uma pátria judaica em que a nação falaria a língua dos seus antepassados.

Nos dias de YESHUA em Israel não se falava hebraico. As orações e a Torah eram recitadas e lidas na Língua de Moshe Rabeinu, mas, o que se falava mesmo era o Aramaico, a língua dos babilônios.

No entanto naqueles dias do Império Romano que dominava o mundo, a língua universal (o inglês dos seus dias), era o Grego (Koiné - Grego coloquial falado nas ruas pela população comum).

A vocação do MASHIACH GLORIOSO DE ISRAEL como SALVAÇÃO para todo O Mundo, mediante o desprezo de Israel ao tempo de sua visitação, tanto permitiu, quanto acelerou o processo de que pessoas de todo o mundo, ouvindo e experimentando O Amor de Deus fossem se convertendo e as Boas Novas do Reino de Deus necessariamente tiveram que ser traduzidas e escritas nas línguas das nações, como fazemos hoje em Português, uma das línguas de matizes Latinas.

Marcos, João Marcos, sobrinho de Barnabé, discípulo e escriba de Pedro, provavelmente foi em sua casa que ocorreu O Pêssach em que Yeshua celebrou com seus discípulos, na noite em que foi traído; também o lugar onde ocorreu o Pentecostes, um Aposento Alto em Jerusalém, que tornou-se um local de congregação dos santos nos primeiros tempos da Igreja, perto do que era conhecido como Túmulo de David, que permanece até os nossos dias, perto da Atual Porta de Sião em Jerusalém.

Marcos foi o primeiro a escrever um Evangelho, certamente não com o objetivo de ser uma propaganda do Cristo, mas, para contar aos que estavam entregando-se a Deus atrav/es da Vida e do Sacrifício de Yeshua, pudessem saber através de uma testemunha ocular (no caso O Apóstolo Pedro), sobre a vida, o ministério e a morte e ressurreição de Jesus.

Marcos o primeiro a escrever, o faz em Koiné, e várias vezes explica palavras do aramaico e tenta trazer o conceito sobre determinados ritos de uma forma que seus leitores, não judeus pudessem entender alguns conceitos da Cultura do MASHIACH, implantada em Israel. Marcos não foi discípulo de Jesus, e talvez o tenha conhecido ainda quando era muito jovem, e por não fazer um preâmbulo de seu Evangelho, evidencia que o seu maior Alvo era falar de Jesus, O Mestre é o Foco, O Centro, o Alvo.

João, discípulo de Jesus, foi o último a escrever. O Discípulo Amado, como ele mesmo se declara, sendo muito jovem quando andou com O Mestre, e o mais longevo dos apóstolos, compartilha coisas que não são retratadas em sua maioria nos demais Evangelhos. Um relato minucioso da noite em que Jesus foi traído, consegue narrar de uma forma única e emocionante "A Noite diferente de todas as outras noites" - (como os judeus dizem na noite de PÊSSACH).

Os Evangelhos de Lucas e Mateus, chamados juntamente com o Evangelho de Marcos como Evangelhos Sinópticos, pelo fato descreverem em sua maioria os mesmos fatos, possuem esta característica pois ambos usaram os Escritos de Marcos para através de suas experiências pessoais, pesquisas e entrevistas acrescentarem características próprias, como os Ensinos de Jesus coisa que não são citadas no primeiro dos Evangelhos.

Mateus, como João foi discípulo do Mestre e o único a escrever em Hebraico, com o claro objetivo de alcançar seu povo, Israel, sendo muito comum achar em seus escritos palavras que apontam para o cumprimento de profecias, com o claro objetivo de mostrar e revelar para os Judeus, ser verdadeiramente Yeshua, o filho de David, herdeiro legal do Trono de Israel.

Por fim Lucas, como já anuncia no início de seu Evangelho fez profunda pesquisa e certamente entrevistou pessoas como Maria, mãe de Jesus, visto ter sido Lucas, um gentio, (O Único não judeu a escrever texto da Bíblia), que cita fatos da infância de Jesus e fatos que ocorreram antes mesmo dele nascer. Lucas, que era de Antioquia, local onde Paulo iniciou o seu ministério, passou a ser um discípulo e escriba do Apóstolo dos não judeus, e provavelmente no tempo em que Paulo ficou preso em Cesaréia Marítima, Lucas que o servia usou tal período para suas pesquisas, bem como para ter conhecimento do Evangelho de Marcos, que foi base fundamental para o seu Evangelho.

PORQUE 4 EVANGELHOS?

A Bíblia possui várias figuras que apontam para 4 maneiras de ver Yeshua e o seu Chamado. As quatro faces dos "Seres Viventes" - Leão, Novilho, Homem e Águia; bem como as 4 cores com as quais O MISHKAN (O Tabernáculo), foi feito - O Púrpura, Carmesim, Linho Fino (Branco) e Azul; e também as quatro colunas que sustentavam a Porta chamada HADERECH (O caminho), que dava acesso para o Tabernáculo e seus locais mais secretos. Os Quatro Evangelhos se complementam entre si, embora sejam escritos para povos distintos, falam de um só a saber: O MASHIACH GLORIOSO DE ISRAEL  e a SALVAÇÃO PARA OS NÃO JUDEUS.

PREPARANDO O CAMINHO

No Princípio de todas as coisas, vemos A Gloriosa Presença do MASHIACH, pois sem Ele, nada do que foi feito se fez. Deus criou o homem à Sua Imagem e conforme a Sua Semelhança e o colocou no Jardim que O Eterno plantou no Éden. Sabemos infelizmente que o homem pecou, cedendo à tentação de Satanás e por isso A Terra foi amaldiçoada, a Mulher passou a ter dores para conceber e o ser humano ao nascer passou a caminhar para a Morte, e também para a Morte Eterna, por conta da Rebeldia contra Deus.

Jesus, chamado de Ben Adam (filho do Homem), é chamado também na Bíblia de "O Segundo Adão", visto que foi concebido pelo Espírito de Deus, para agir de forma diferente do primeiro que entregou-se ao Pecado. Yeshua totalmente dependente de Deus, entregou-se à Obediência.

O espaço preparado para Jesus, não foi lindo como para Adão. O Mestre nasceu numa Judéia dominada pelo Império Romano, um mundo cheio de pecados e maldade, porém, um Caminho lhe foi aberto. Este Caminho é O Caminho do Arrependimento, ou O Chamado ao Arrependimento, A Voz dos Profetas, como fora ELIAHU HANAVI, que confrontou O Rei de Israel e toda A Nação de Israel para que voltassem a Deus.

Agora estava sendo preparado através da Casa Sacerdotal, um dos Ben-Tzadok, Ben-Pinchas, Ben-Eleazar, Ben-Aharon: YOHANAM BEN-ZECHARIAHU (João, filho de Zacarias). 

Zacarias, cumprindo todos os atos religiosos que aprendeu de seus pais, na tradição de seu povo e em sua casa, servia a Deus, já avançado em dias, sem quaisquer outras expectativas para ele ou para seu povo, que não fossem frutos da esperança religiosa que nutre a maioria das pessoas, com falta de certeza sobre o cumprimento das Promessas de Deus, tornando-os flácidos nos ritos que praticam, fazendo por fazer, fazendo por turnos ou por estar em escalas. Fazendo por que é a única coisa que se sabe fazer.

No Tempo Determinado pelo Eterno, Zacarias foi visitado pelo Arcanjo Gabriel, o mesmo que 6 meses depois visitaria a Maria (Miriam), mãe de Yeshua.

Sim, a diferença ente a Concepção de João Batista e de Jesus e o nascimento de ambos dista cerca de 06 (seis) meses. Havia séculos desde a última vez que Deus havia falado com seu povo através de Profetas. A tradição contava todas as minúcias históricas, mas, a Prática da Manifestação de Deus no meio de seu povo, pegou a todos de surpresa. 

Quando Zacarias saiu mudo do Lugar Santo aonde fora servir ao Nosso Deus, como Sumo Sacerdote, levou todos a entenderem que ele tinha tido uma experiência sobrenatural. Algum tempo depois, todos devem ter se alegrado com a notícia da gravidez tardia de Isabel sua esposa. Mas, no meio disso tudo, O Arcanjo Gabriel, visita também uma das Virgens de Israel, da Casa de David, chamada Miriam. As palavras de Gabriel para Zacarias e para Maria (Miriam), foram profundamente reveladoras, porque apontavam para o cumprimento de Profecias Antigas, e muito mais do que isso, a Primeira Profecia estava por se cumprir. Profecia que dizia que da semente da mulher viria Aquele a esmagar a cabeça da serpente. "Este lhe ferirá a cabeça e tu lhe ferirás o calcanhar", disse Deus a Satanás. 

Da mesma forma que Miriam teve dúvidas de como se dariam tais coisas, é muito comum ao olhar para nossas próprias vidas, nos perguntarmos, como é que Deus vai por isso em ordem? Como poderíamos sair debaixo de tais problemas, sendo que há gerações aparentemente nada muda em nossa vida?

De repente todas as coisas começaram a tomar forma. Todas as profecias pareciam alinhar-se, chegando a hora do Cumprimento da Vontade e dos propósitos de Deus as pessoas vão se movendo, reinos se levantam, outros caem, famílias se mudam, nascem pessoas, outras morrem, outros vivem experiências dramáticas outros simplesmente somem, mas, tudo vai tomando forma, para que O Rei da Glória cumpra O Seu Plano Eterno.

O Arcanjo Gabriel diz para Zacarias, que uma profecia antiga, sobre aquele que prepararia O Caminho para O Senhor, se cumpriria em seu filho, gerado em sua velhice. Assim como Isaque; assim como Jacó; assim como José; assim como Samuel; assim como Sansão parece que alguns ventres são guardados, preservados até o momento do propósito de Deus. A esterilidade é rompida pela Eternidade que nestes casos todos, inclusive de João, o que não estava funcionando passou a funcionar, o que parecia impossível, passou a ser possível porque chegara o Tempo. O Tempo do Deus Vivo!

Agora, uma virgem conceber? 

Is. 7:14 - Portanto, O Eterno mesmo vos dará um sinal: "Eis que a virgem conceberá e dará à luz um filho e lhe chamará Emanuel."

Lucas, um médico, alguém de certa cultura, descreve detalhes que jamais saberíamos, se ele não fosse à procura de evidências, de informações, de testemunhos.

O Evangelho de Marcos que inicia afirmando Yeshua Ben-Adam, (filho do homem), era Ben-HaElohim (Filho de Deus), é  melhor explicado por Lucas que revela ao Mundo o que Grabriel falara àquela filha de Jerusalém, uma das virgens de Israel.

Miriam constrangida, sendo noiva, nunca tento até então contato com homem algum, uma virgem, questiona ao anjo Grabriel: "Como será isso?"

A resposta até hoje quando chega até nós, nos constrange: Lucas: 1: 35 - "Descerá sobre ti O Espírito Santo, e O Poder do Altíssimo te envolverá com a sua sombra; por isso, também o ente que há de nascer será chamado FILHO DE DEUS".

Como na Criação, quando havia trevas sobre a Face do Abismo: Como mudar esta situação? Não há nada natural que possa resolver esta situação... Mas, O Espírito de Deus pairava sobre a Face do Abismo.

O Espírito do Deus Vivo não está longe, está ao alcance do nosso clamor. "O Espírito descerá sobre você, O Poder do Altíssimo te envolverá com a Sua sombra." O que é impossível para nós, está presente e é Real na dimensão do Reino de Deus... Por isso clamamos: "VENHA O TEU REINO E SEJA FEITA A TUA VONTADE, ASSIM NA TERRA COMO NOS CÉUS!"

Lucas deixa claro como viria, ou ainda, como foi gerado O FILHO DE DEUS. YESHUA, não é um TSADIK, apenas como dizem muitos religiosos; ele não foi apenas um Rabino importante que ensinou aos goim (aos gentios), a TORAH, coisa que consideram certa; ele não é apenas um profeta como o consideram os mulçumanos, Os Evangelhos apontam a Verdade que YESHUA BEN-ELOHIM. Yeshua é O Filho do Deus Vivo. Ele veio para resolver o problema impossível para os homens que é o fato de estarmos todos presos e condenados pelo Pecado, sendo que as Leis que O Eterno deu aos homens, através da Torah, não nos justifica, pois nenhum homem, nunca os conseguiu cumprir, e por isso somos condenados como diz à Torah: "MOT TAMUT"- MORRENDO MORREREIS. Não havendo Salvação para os homens no cumprimento das Leis de Deus, O Eterno nos enviou YESHUA, para que gerado pelo RUACH HAKODESH (Espírito Santo), vivesse em Absoluta e total dependência e obediência ao Pai, em Amor, e através de sua Vida, pudesse nos livrar da Nossa Morte.

Era impossível para Ana; era impossível para Isabel; também era impossível para Maria, mas, Deus tinha propósitos diferentes para cada um deles e para cada um de nós. O que Deus realizou em Miriam (Maria), foi também sobrenatural, mas, não foi semelhante a nada que já havíamos falado ou pensado... O próprio FILHO DE DEUS foi gerado,YESHUA HAMASHIACH.

As Boas novas, não são ficção; não são apenas uma linda estória; não são uma filosofia de vida; não são um caminho de auto compreensão humana; O Evangelho do Reino de Deus anuncia aos homens, que O Próprio Deus, Criador dos Céus e da Terra, tomou a iniciativa de nos propor um Caminho de Salvação para este Mundo que já está em Colapso.... Não há mais nada que possa ser feito.... Deus está nos dando uma nova oportunidade hoje! Pode ser a última!

Quando a Promessa de Deus no ventre de Isabel, se encontra com A PALAVRA de Deus no ventre de Maria, o bebê de Isabel é cheio do Espírito Santo e se contrai dentro do ventre; Isabel fica cheia do Espírito Santo e profetiza; Maria é tomada pelo Espírito Santo e profetiza... TUDO EXALTA AO NOSSO PAI!

Há uma Promessa de Deus no teu coração; Há uma obra maravilhosa que foi feita antes da fundação do Mundo para  você. Há um propósito que já havia se estabelecido, e muitas coisas cooperaram para que neste momento você fosse gerado para Deus...

O que era morte, virou festa; o que era desilusão virou testemunho; o que era comum e desapercebido agora é notório... Quando Deus quer cumprir O Seu Plano em nossa vida, tudo muda e toma o seu devido lugar...

Se o teu coração está queimando ao ler sobre Jesus, ao saber que obra gloriosa Deus tem para realizar em seus dias, e decidiu te incluir nisso... Pule, cante, grite, fale, conte... Na Verdade este fogo em teu coração mostra que O Propósito de Deus em você acaba de se encontrar com a Razão do nosso Viver.. Jesus!

Que diferença do Éden... Lá era só tristeza, culpa, morte, frustração... Agora em Jesus, só há louvor, esperança, milagres, alegria... Pois, O Deus Vivo decidiu fazer em nós a Sua Vontade!

Seja simples e humilde como Miriam... Talvez ante o ÍMPOSSÍVEL que parece ser o que Deus tem para você e para realizar em sua vida, alegre-se em saber, que isso vai acontecer, porque O ESPÍRITO SANTO, virá sobre você e vai realizar tais coisas... faça como Miriam, diga: "Então tá bem Senhor! Precisa apenas que eu creia? Então: - "Eu creio!" - "Faça em mim, conforme O Teu propósito!"... E então cante!

Lucas: 1: 46 a 55 - "A minha alma engrandece ao Senhor, e o meu espírito se alegrou em Deus, meu Salvador, porque contemplou na humildade da tua serva. Pois, desde agora, todas as gerações me considerarão uma bem-aventurada, porque O Poderoso me fez grandes coisas. Santo é O Seu Nome. A Misericórdia vai de geração em geração sobre os que o temem. Agiu com o seu braço valorosamente: dispersou os que, no coração, alimentavam pensamentos soberbos. Derribou do seu trono os poderosos, e exaltou os humildes. Encheu de bens os famintos e despediu vazios os ricos. Amparou a Israel, seu servo, a fim de lembrar-se da Sua Misericórdia a favor de Abraão e de sua descendência, para sempre, como prometera aos nossos pais."


KI MITZION TETZEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião virá a Lei e a
Palavra do Eterno de Jerusalém!)

LEIA TAMBÉM O COMENTÁRIO DA PARASHA HASHAVUA (A Porção da semana): BERESHIT (Clique aqui)


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem