sexta-feira, 17 de junho de 2016

NASSO - LEVANTA





NASSO - LEVANTA 

Números: 4:21 a 7:89
Juízes: 13: 2 a 25
Atos: 21: 17 a 26

Núm. 4: 21 e 22 - ׳׳E falou O Eterno a Moisés dizendo: Levanta os cabeças dos filhos de Gershon, segundo a casa de seus pais e segundo as suas famílias."

A TORAH, A Palavra de Deus é um tesouro inestimável! Nesta Parashá vemos a cuidadosa divisão de tarefas entre as famílias dos Levitas (Gershon, Merari e Coate); As ofertas para consagração do Altar que são recebidas e divididas entre as famílias dos Levitas; A Consagração para O Nazireado, juntamente com a Bircat Cohanim (a Bênção Sacerdotal); um tratado sobre a infidelidade e a clara revelação sobre o espírito dos ciúmes, e por fim, a linda organização de cada uma das tribos segundo a ordem de Deus, entregando em sequência para O Todo Poderoso, em iguais porções as Korbanim (Suas ofertas) para todo o serviço sacerdotal das famílias dos levitas, bem como iguais ofertas e sacrifícios ao nosso Deus, depois do levantamento dos homens de Israel.

Por onde começar? Em qual dos tesouros deveremos nos ater? Para cada Palavra da Torah, se poderiam escrever bibliotecas inteiras, porque a Palavra é Viva, e é a Manifestação do Deus Infinito e Eterno! Bendito seja O Seu Maravilhoso Nome!

Distribuídos ao redor do MISHKAN, do Tabernáculo, as famílias dos Levitas (Coate, Gerson e Merari), ocupavam o espaço sempre mais próximo da Tenda da Congregação. Sendo que diante da Porta de Entrada lado que pertencia a Judah e suas tribos companheiras, Issacar e Zebulom, ficavam as tendas dos Sacerdotes, de Moisés, Arão e os filhos de Arão. 
Do lado sul os Coatitas, responsáveis por carregar sobre seus ombros O Altar de Sacrifícios; A pia de Purificação; O Altar de Incenso; a Menorah; a Mesa da Preposição; e a Arca da Aliança.
Os Gersonitas incumbidos foram de carregar todas as cortinas, e os véus e as coberturas do Mishkan, trabalho pesado que demandava muito esforço e por fim os Mercarias, que eram incumbidos do serviço mais pesado dentre todos os Levitas: Carregar todas as colunas (de madeira recobertas com metais preciosos), de todo o Mishkan.

Entre as Korbanim (as ofertas), cada dois príncipes deveria entregar  um carro de boi, e cada príncipe um boi ao Eterno, além de bacias de Prata, recipientes de Ouro, juntamente com bois, carneiros e bodes para sacrifícios. 

Destas ofertas de Carros de Bois e Bois - ao todo 6 carros de bois e doze bois, a distribuição, aparentemente parece injusta: Os gersonintas recebem dois carros de bois e 4 bois; os Meraritas 4 carros de bois e 8 bois e os Coatitas não recebem coisa alguma desta oferta específica...

As coisas santíssimas deveriam ser carregadas nos ombros dos Levitas. A Arca da Aliança, por exemplo, diferente do que fizeram quando David, desejou trazer a Arca para perto de si, não podia ser transportada em carros de bois, e sim nos ombros dos adoradores, e então um levita (que deveria saber a Lei de Deus de como se transporta a Sua Glória morreu fulminado, seu nome Uzá).

Os Gersonitas que tinham um serviço pesado, por sua vez receberam carros de bois, e bois, e os Meraritas (que iam realmente pegar no pesado), receberam o dobro de carros e de bois, que seus irmãos. A contagem dos homens de Merari revela que a Família dos levitas que mais trabalharia pesado, era justamente a que possuía mais homens, e assim é O Nosso Deus... Justo, pois sua Justiça se alça muito acima do nosso pardão de justiça, como os Céus são mais elevados que a Terra.

Parece que fora de ordem e de propósito a Torah nos fala de Adultério, do demônio que prende pessoas, casais e famílias que é O DEMÔNIO (espírito) do Cíumes. Quando um homem for atacado por este espírito, desconfiando que sua mulher o traiu, deveria levar sua esposa até O Sumo Sacerdote que deveria fazer um ritual, amaldiçoando a água da Purificação, tomando numa das taças de ouro do Mishkan, um pouco da terra de onde estava estabelecido a Tenda da Congregação para fazer prova se sua mulher pecou ou não. Se ela houvesse pecado e bebesse sofreria imediatamente as consequências de seu pecado e seria morta. Se recusasse a beber, ou se bebesse e nada lhe acontecesse, poderia se provar a culpa ou a inocência.... e porque tudo isso? Porque um homem não pode ter certeza do que não viu, e quando alguém dá lugar para este espírito terrível que é O Ciúmes atacar um matrimônio, dificilmente haverá chances de se sair desta situação sem que haja morte, ou muita tristeza e dor... Porém, O Nosso Deus nos vê, e Ele sabe quando somos infiéis ou quando permanecemos fiéis... Tanta honra, servir a Deus em sua Intimidade, Ter O Eterno como Sua Porção e Herança, é realmente muito maravilhoso, mas, a nossa Fidelidade está diante dos Olhos do Deus vivo.

Uma vez estabelecidos os serviços sacerdotais e levíticos; depois de  cada família receber porções justas para que todo o trabalho fosse feito com equidade. Depois de Deus alertar que a infidelidade pode ser por um tempo escondida num casal, mas, Deus conhece os nossos pensamentos e corações. Deus aparentemente apresenta um PLANO B.

OS NAZIREUS

A palavra Nazir, os cabelos da cabeça de um nazireu, que são consagrados ao Eterno, durante os dias desta CONSAGRAÇÃO ESPECIAL, são a COROA de Deus, que estão sobre a cabeça, destes que se consagram por um tempo.
Ao final desta consagração, a coroa é tirada de sobre a cabeça e entregue como Oferta ao Eterno. O pensamento que lhe veio à mente não é mera coincidência... Os anciãos diante do Trono de Deus e do Cordeiro, tirando suas coroas e entregando-as aos pés do que está assentado sobre O Trono, são uma visão bem clara sobre o que é O Nazireado, e a Nazir (Coroa), que é transportada durante esta CONSAGRAÇÃO ESPECIAL.

Nm.: 6: 18 - "O Nazireu, à porta da tenda da congregação, rapará a cabeleira do seu nazireado, e toma-la-á, e a porá sobre o fogo que está debaixo do sacrifício pacífico."

Ap.: 4: 4 a 11 - "Ao redor do Trono, há também vinte e quatro tronos, e assentados neles, vinte e quatro anciãos vestidos de branco, em cujas cabeças estão coroas de ouro... quando esses seres viventes derem Glória, Honra e Ações de Graças ao que se encontra sentado no Trono, ao que vive pelos séculos dos séculos, os vinte e quatro anciãos prostrar-se-ão diante dAquele que se encontra sentado no Trono, adorarão o que vive pelos séculos dos séculos e depositarão as suas coroas diante do Trono, proclamando: "Tu és digno, Senhor e Deus nosso, de receber a Glória, a Honra e o Poder, porque toda as coisas Tu criaste, sim, or causa da Tua Vontade vieram a existir e foram criadas."

No momento em que O Serviço Sacerdotal é estabelecido, e aqueles que teriam a honra de servir ao Eterno na proximidade de seu Santuário são consagrados, Deus promove a condição de algumas pessoas, consagrarem-se ao Eterno, numa posição semelhante a um sacerdote, embora não da Tribo de Levi.

Os Nazireus, durante o tempo de seu nazireado, adquirem a condição sacerdotal, não necessariamente tendo funções sacerdotais formais, ou podendo-se candidatar ou se meter no meio dos que faziam o serviço, mas, durante o Tempo da Consagração, por transportarem a NAZIR, a Coroa de Deus, adquirem os nazireus uma condição sacerdotal. 
Durante este tempo, não podem comer absolutamente nada derivado da uva; não podem cortar ou aparar os cabelos (pois esta é  a Nazir - consagrada a Deus), e não podem tocar qualquer corpo morto, pois se contaminariam invalidando O Nazireado. 
Se uma destas coisas ocorresse a única solução era reparar novamente a cabeça e se reiniciar o nazireado, segundo a Consagração e Voto que foram feitos.

Pessoas como Samuel e Sansão eram nazireus, não por um espaço de tempo, mas, por toda sua vida. Adquiriam assim a condição sacerdotal, mesmo sendo das tribos de Efraim e Dan. 
O Apóstolo Paulo, toma voto (de nazireado), antes de entrar em Éfeso, mostrando que tipo de Consagração estava fazendo a Deus, na busca de realmente manifestar nesta Terra O Reino do Nosso Deus.

Logo depois de estabelecer o que chamo aqui de PLANO B, uma segunda opção, para o caso do Sacerdócio Levítico falhar (e sabemos que falhou), percebemos a Instituição do Ministério Profético, juntamente com O Sacerdotal e Levítico, monstrando aqui na Torah, que Deus sempre terá os seus. As palavras de Deus são duras para com os levitas que não guardaram seu chamado e posição, mas, a misericórdia do Eterno nunca se apartará dos que são Dele.

Ez.: 44: 10 a 16 - "Os levitas, porém, que se apartaram para longe de Mim, quando Israel andava errado, que andavam transviados, desviados de mim, para irem atrás dos seus ídolos, bem levarão sobre si a sua iniquidade. Contudo, eles servirão no meu Santuário como guardas nas portas do Templo e ministros dele; eles imolarão o holocausto e o sacrifício para o povo e estarão perante este para lhe servir. Porque lhe ministraram diante dos seus ídolos e serviram à casa de Israel de tropeço de maldade; por isso, levantando A Mão, jurei a respeito deles, diz O Eterno Deus, que eles levarão sobre si a  sua iniquidade. N ão se chegarão a Mim, para me servirem no Sacerdócio, nem se chegarão a nenhuma de todas as minhas coisas sagradas, que são santíssimas, mas, levarão sobre si a sua vergonha e as suas abominações que cometeram. Contudo, eu os encarregarei da guarda do Templo, e de todo serviço, e de tudo o que se fizer nele. Mas, os sacerdotes levitas, os filhos de Zadoque, que cumpriram as prescrições do meu santuário, quando os filhos de Israel se extraviaram de Mim, eles se chegarão a Mim, para me servirem, e estarão diante de Mim, para me oferecerem a gordura e o sangue, dia O Eterno Deus. Eles entrarão no Meu Santuário, e se chegarão à Minha mesa, para me servirem, e cumprirão as minas prescrições."

Sempre haverá um remanescente fiel, e em seguida a descrição da Consagração dos Nazireus, Deus fala a Moisés, sobre A BIRCAT COHANIM - A BÊNÇÃO SACERDOTAL.

Quando O Nome do Nosso Deus, fosse invocado sobre seu povo, O Próprio Deus viria e os abençoaria. 

Nm.: 6: 22 a 27 - "Disse O Eterno a Moisés: Fala a Arão e as seus filhos (sacerdotes), dizendo: Assim abençoareis os filhos de Israel e dir-lhes- eis:
O ETERNO TE ABENÇOE E TE GUARDE;
O ETERNO FAÇA RESPLANDECER SUA FACE SOBRE TI E TENHA DE TI MISERICÓRDIA; O ETERNO SOBRE TI LEVANTE O ROSTO E TE DÊ SHALOM!
Assim porão  O Meu Nome sobre os filhos de Israel e Eu os abençoarei."

Que honra transportar A Glória de Deus sobre os ombros; Que honra poder invocar O Nome do Eterno sobre as pessoas para que elas possam ser abençoadas. Esta honra toda foi conquistada com um posicionamento! Quando os Levitas, não se prostraram diante do Bezerro de Ouro, e ainda quando tomaram a decisão de matar os que tinham cometido tal torpeza, Deus tomou os Levitas no lugar de todos os primogênitos dentre Israel. Esta é um dos exemplos de que Primogênitos não são os que nascem primeiro, mas, os que agem como primogênitos. 

Os levitas que tiveram postura tão digna, são afastados em sua maioria de seu serviço, por contaminarem-se com ídolos no decorrer de sua História. Isso nos leva a entender que não podemos dormir no que fizemos de certo no passado, achando que hoje podemos relaxar e porque o nosso Nome foi Escrito no Livro da Vida, o fato de não mantermos pura e reta a nossa vida Diante de Deus, manteremos nossa posição de salvos, através do Sangue de Cristo, pois se uma vez tomamos seu Perdão e Purificação, por nossos pecados e iniquidade, crucificamos de novo O Mashiach e como o cão que volta ao vômito, voltamos para o pecado de onde já tínhamos sido libertos.

Deus sempre tem os seus, e por isso, os caduceus dos dias de Yeshua, bem como os religiosos dos nossos dias, não podem firmar sua posição por sua história passada, mas, por sua vida e consagracão a Deus diariamente.

Se falharem os Levitas, haverá sempre aqueles que não são tão importantes ou nobres, mas, que vão consagrar-se a Deus de uma forma especial e então vão fazer a Vontade do Todo Poderoso, e fazer-lhe O Seu Maravilhoso Nome Honrado, Santificado e Engrandecido. A oportunidade é para todos.

Quantos filhos de ministros, que nasceram num ambiente em que  A Palavra de Deus é ensinada, em que oportunidades para a Adoração, para o trato com as pessoas, está à disposição deste tão cedo. Por outro lado, quantas pessoas que até ontem serviam a demônios e curvavam-se a ídolos, mas, que tendo sido alcançados pelo Amor de Deus, hoje estão se consagrando totalmente ao Eterno, longe dos holofotes e dos tapinhas nas costas, mas, estão fazendo o que Agrada e Alegra O Coração do Pai.

Quem em nossa geração vai carregar a Glória de Deus em seus ombros, com esforço próprio, repudiando o conforto, a lógica de que há maneiras mais fáceis de se fazer o que precisa ser feito, para simplesmente seguirem a fórmula de Deus para que Sua Presença esteja conosco.
Quem vai carregar a Coroa de Deus sobre suas cabeças, prontos para arrancá-las e lançá-las, Diante dAquele que é O Único Digno?
Quem vai invocar O Nome do Eterno sobre seu povo? Permitindo que O próprio Eterno venha sobre seus filhos e os abençoe...

QUEM?

YEVARECHECHAH ADONAI VEISHMERECHA
YAER ADONAI PANAV ELECHA VEICHUNEKAH
YSSA ADONAI PANAV ELECHA VEIASSEM LECHÁ
SHALOM!


KI MITZION TETZSEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião sairá a Lei e a Palavra do Eterno de Jerusalém!)


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem