quinta-feira, 20 de setembro de 2012

1ª Carta de Yossef Nadarkhani depois da liberdade!





Esta é a primeira carta escrita pelo pastor Yousef Nadarkhani após ter sido liberto da prisão iraniana no passado dia 8 de Setembro. Após 3 anos de prisão e milhões de cristãos orando pela sua libertação, o pastor Yousef deseja agora através desta carta expressar a sua gratidão àqueles que o apoiaram durante a sua prisão.
Esta foi uma verdadeira resposta de Deus às orações de milhões de cristãos pelo mundo fora, uma vez que o pastor Yousef tinha sido condenado à morte pelas autoridades iranianas. 


"Não a nós, Senhor, não a nós, mas ao Teu Nome dai glória, pela     Tua fidelidade e pela Tua lealdade... Salmo 115:1

Salaam! (Paz seja convosco!)


De todo o meu coração glorifico e dou graças a Deus. Estou grato por todas as bênçãos que Ele me deu durante toda a minha vida. Estou especialmente grato pela Sua bondade e proteção divina que caracterizaram o tempo da minha detenção.
Quero também expressar a minha gratidão para com aqueles que por todo o mundo trabalharam pela minha causa, ou, devo dizer, a causa que eu defendo. Quero expressar a minha gratidão a todos aqueles que me apoiaram, abertamente ou em completo segredo. Sois todos muito queridos ao meu coração. Que o Senhor vos abençoe e vos dê a Sua perfeita e soberana Graça. 
Fui na verdade colocado na prova, a prova da fé que, segundo as Escrituras, é 'mais preciosa que o ouro perecível'. Mas nunca senti a solidão, sempre estive consciente do fato de que não se tratava de uma batalha solitária, pois senti toda a energia e apoio daqueles que obedeceram à sua consciência e lutaram pela promoção da justiça e dos direitos de todos os seres humanos. Graças a esses esforços, tenho agora a imensa alegria de estar junto da minha maravilhosa esposa e filhos. Estou grato a estas pessoas através das quais Deus tem estado a trabalhar. Tudo isto é muito encorajador. 
Durante este período tive a oportunidade de experimentar de forma maravilhosa a Escritura que diz: 'Na verdade, tal como os sofrimentos de Cristo abundam para nós, o nosso encorajamento abunda através de Cristo.' Ele confortou a minha família e deu-lhes os meios para enfrentarem aquela situação difícil. Na Sua Graça, Ele providenciou às suas necessidades espirituais e materiais, tirando de mim esse pesado fardo.
O Senhor providenciou maravilhosamente através da prova, permitindo-me enfrentar os desafios que estavam diante de mim. Tal como as Escrituras dizem: 'Ele não permitirá que sejamos testados além das nossas forças...'
Apesar do fato de me terem acusado de apostasia segundo uma certa leitura da Shar'ia, estou grato por Ele ter dado aos líderes do país a sabedoria para anularem esse julgamento levando em conta outros fatos da mesma Shar'ia. É óbvio que os defensores do direito iraniano e os peritos legais fizeram um esforço importante para fazerem valer a lei e o direito. Quero agradecer àqueles que defenderam o direito até ao fim. 
Estou feliz por viver num tempo em que podemos dar uma olhada crítica e construtiva ao passado. Isto tem permitido a escritura de textos universais almejando a promoção dos direitos humanos. Somos hoje devedores a esses esforços providenciados por pessoas queridas que têm labutado pelo respeito da dignidade humana, e têm passado até nós esses textos universalmente significativos.  
Sou também devedor àqueles que têm fielmente feito passar a Palavra de Deus, essa mesma Palavra que nos torna herdeiros de Deus. 
Antes de terminar, quero expressar uma oração pelo estabelecimento de uma paz duradoira e universal, para que assim a vontade do Pai seja feita na terra assim como no céu. Na verdade, tudo passa, mas a Palavra de Deus, fonte de toda a paz, durará eternamente. 

Que a graça e misericórdia de Deus sejam multiplicadas sobre vós. Amém!

Yousef Nadarkhani