quarta-feira, 14 de março de 2012

QUEM É QUEM? MORDECAI



PATERNIDADE


E ele deu uns como apóstolos, e outros como profetas, e outros como evangelistas, e outros como pastores e mestres, tendo em vista o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo; (Eph 4:11-12)


A Igreja de Cristo nos dias de hoje vive um momento difícil em que têm que decidir se vai agir com Ester, ou como Vasti; Como Filadélfia ou como Laodicéia. Muitas práticas humanas, ensinos de demônios, carnalidade, superficialidade, falta de amor, hipocrisia, perversão, vêm se manifestando diante dos olhos de todos, mas, parece que a maioria está aguardando a próxima revelação; o próximo "ungido" que vai realizar milagres ou "pirotecnia", coisa com as quais as multidões vibram, não importando lá qual é a Palavra que será ensinada, e para onde tais líderes os conduzirão. 
Desde o final do século XX, O Nosso Deus tem restaurado o Governo da Igreja de Cristo, na restauração dos Ministérios do Cordeiro. E como a Igreja se acostumou ao Modismo das Visões, das técnicas para "crescimento de igrejas", a Restauração "Apostólica e Profética" e a Restauração dos Ministérios do Cordeiro, tornaram-se pra uma grande porcentagem da Igreja, mais um passo para "Shangrilá", para a "Terra do Nunca", para o "Paraíso", jamais para TSION (SIÃO), O Monte Santo do ETERNO.
Muitos usaram esta expressão: "Por favor venha nos ministrar sobre esta visão apostólica e profética, porque nossa igreja é apostólica e precisamos estar envolvidos nisto..." Quantos tomaram o título de apóstolos, e deram pra suas esposas o título de profetas; quantos premiaram seus líderes com os mesmos títulos, sendo que nunca estas pessoas foram chamadas por Cristo ao Ministério Apostólico, sem que nenhum trabalho fosse prestado ao Corpo de Cristo; sem que nada a não ser sua visão ministerial para igreja local, fosse praticada ou incentivada; quantos bons pastores as igrejas perderam, para ganhar péssimos "falsos apóstolos". Não se pode esperar muito de Ester sem Mordecai. 


Aliás Ester não fará nada que não vir primeiro Mordecai fazendo...
Aliás, não há como do dia pra noite querer que Ester ponha seu pescoço a prêmio, se não houve um genuíno vínculo de amor e de confiança entre Mordecai e Ester por muitos anos...
Aliás, Ester nunca dará a vida pelo povo (falo isso noutra perspectiva agora) se não vir Mordecai fazer isso em primeiro lugar.

Os Ministérios do Cordeiro, não estão fora da Igreja, são parte dela mesma, assim como o destino de Mordecai está diretamente ligado ao destino de Ester, porém Deus deu os MINISTÉRIOS DO CORDEIRO - PARA QUE - A Igreja cresça (se torne uma família para Deus nesta Terra), e para que cada santo (cada cristão), descubra qual é a Esperança de seu chamado em Cristo Jesus (sejam Aperfeiçoados para a obra do Ministério).
Mordecai diz pra Ester que ela deveria se apresentar diante do Rei, para tornar-se uma Rainha. Mordecai adverte a Ester para não dizer que é judia (não falar coisas, mas, manifestar o caráter que lhe foi forjado em Deus); Por fim, quando Ester está no Palácio, Mordecai continua lhe instruindo e até a repreendendo, e continua sendo ouvido, porque a hora que Ester mais vai precisar da PATERNIDADE que Deus lhe deu, é agora em que terá de tomar decisões e vai ter que agir. Ninguém poderá agir por ela, Ester (a Igreja), terá que posicionar-se segundo todo o conselho, e exortação e ensino que recebeu, mas, é ela que terá que agir... Agora Ester é uma Rainha, e não adianta dizer agora, que Ester é isso ou aquilo, ela é o que foi gerado nela; ela vai manifestar o que recebeu, e vai demonstrar-se submissa e fiel, se foi formada assim.
Não sei se te parece impossível que algo assim ocorra, mas, sei que DEUS AINDA TEM UM REMANESCENTE FIEL!

E depois de tudo o que nos tem sucedido por causa das nossas más obras, e da nossa grande culpa, ainda assim tu, ó nosso Deus, nos tens castigado menos do que merecem as nossas iniquidades, e ainda nos deixaste este remanescente; (Ezr 9:13)

O Remanescente Fiel

Como já escrevi a respeito de Haman uma semente do mal se perpetuou em gerações desde Esaú, que desprezou o que Deus tinha pra ele, mas, também a promessa de Deus vai se estender de geração em geração e ainda que não sejamos fiéis, o nosso Deus, PERMANECERÁ FIEL!

O conflito entre Israel e os Amalequitas, que citamos no artigo História da História, poderia ter acabado nos dias do Rei Saul, mas, este pecou contra Deus, e permitiu que a semente do mal se perpetuasse... Séculos depois, os descendentes do povo sobre quem Saul reinava e os seus próprios descendentes foram ameaçados de morte e extermínio, pelo descendente do rei Agague que Saul, não matou, como Deus ordenou. Mas, um remanescente fiel foi preservado, um descendente de Jonatas, filho de Saul, um descendente de Mefibosete, filho de Jonatas, que foi cuidado por David, o agora chamado "judeu Mordecai", um benjamita. 
Alguém da Tribo de Benjamim, a Tribo chamada por Deus pra guerra... Os descendentes do "caçula" de Israel, tornaram-se os mais valentes de toda a nação. São eles que "de dia despedaçam a presa e à noite repartem os despojos", (em outras palavras - sempre violentos, e sempre responsáveis pelo seu povo).
Esta é a formação de Deus no caráter de Mordecai e no caráter de Ester.


David e Jonatas, não tinham idéia de que Deus honraria tanto a Aliança feita por eles, perpetuando este cuidado pelas gerações, fazendo que os descendentes de Jonatas, passassem a se chamar também de judeus, e permitindo que estes salvassem todo Israel e a linhagem por onde viria O MASHIACH YESHUA (Jesus o Ungido de Deus).

Veja a genealogia de Mordecai: "Mordecai, filho de Jair, filho de Simei, filho de Shmidá, filho de Baaná, filho de Eilá, filho de Micá, filho de Mefibosete , filho de Jônatas , filho de Saul, filho de Quis, filho de Abiel, filho de Zeror, filho de Becorate, filho de Afia, filho de Sh'charim, filho de Uziah, filho de Sheshak, filho de Michael, filho de Elyael, filho de Amihud, filho de Shephatya, filho de Psuel, filho de Pison, filho de Malikh, filho de Jerubaal, filho de Yerucham, filho de Chananya, filho de Zavdi, filho de Elpo'al, filho de Sínri, filho de Zecharya, filho de Merimoth, filho de Husim, o filho de Sh'chora, filho de 'Azza, filho de Gera, filho de Benjamin , filho de Jacob , o primogênito, cujo nome é chamado de Israel."

Eu quero liberar uma Palavra em especial para os filhos de ministros: Para pessoas cujos avós, bisavós, pais, foram ministros de Cristo, mas, por alguma razão, apostataram da fé, caíram pelo pecado, orgulho, ou não suportaram o nível de guerra por estarem sozinhos e fora do propósito de Deus, e por isso foram destruídos... Deus vai levantar você e vai restaurar a HONRA DA TUA CASA!

A Honra do sacerdócio, não é ser filho de um sacerdote e ter nascido numa casa sacerdotal, mas, por Deus ter escolhido a nossa casa, porque um dia nasceríamos nela! EU QUERO HONRAR A DEUS, por esta decisão, de me ter chamado para ser seu sacerdote em meus dias. 
Não nos importa que Saul deixou de fazer o que era para ter sido feito no passado, não importa que como José e Jesus, lá atrás seus antepassados não honraram a Deus, e por isso a coroa que Deus prometeu a David e a seus descendentes tenha sido roubada de nossas cabeças... Não importa! Eu vou agir segundo a constituição que Deus estabeleceu, porque Deus visita a iniquidade dos pais nos filhos até a quarta geração daqueles que o aborrecem, mas, Deus visita milhares de gerações daqueles que O Amam e guardam a Sua Palavra. Eu vou então, iniciar uma nova história em minha família, a história da RESTAURAÇÃO!

Conta a tradição judaica (escrevi isso num livro chamado: Meu Pai, meu pai), que Geazi, o servo de Eliseu que ficou leproso, por causa do pecado, era pai dos quatro leprosos que estavam na porta de Samaria, e que decidiram ir até o arraial dos Siros, e por isso, comeram, beberam e se vestiram, porque quando começaram a andar rumo ao acampamento dos Siros, Deus, fez, que os Siros ouvissem o som de um poderosos exército, vindo na direção deles, e todos fugiram e se mataram uns aos outros, a ponto de quando chegaram os leprosos, tudo estava à disposição deles, e então experimentaram do bom e do melhor e foram avisar em Samaria, o que Deus tinha realizado. Não importa se vivemos uma vida indigna, eu posso honrando a Deus, mudar esta história!

O Coração dos pais aos filhos e dos filhos aos pais

Mordecai, este descendente de Saul, este remanescente fiel, era um ancião. A Bíblia cita que ele foi uma das pessoas que foi levada cativa por Nabucodonosor para a Babilônia. Mordecai, foi levado junto com Daniel, Azarias, Misael, Ananias, e outros tantos... até então nada na vida de Mordecai tinha sido afamado, importante... Ninguém sabia da sua existência até seus cabelos embranquecerem por completo... Ele, como Daniel, viu o Império Babilônico cair, o Império Medo Persa levantar-se e depois começar a cair, (com a derrota de Assuero diante dos gregos - veja isso no artigo QUEM É QUEM - ASSUERO), ele viu o Rei Ciro dar a ordem para que o povo voltasse para reconstruir o Templo... MORDECAI foi uma das pessoas que voltou do Cativeiro 70 anos depois...

Estes são os filhos da província que subiram do cativeiro, dentre os exilados, a quem Nabucodonozor, rei de Babilônia, tinha levado para Babilônia, e que voltaram para Jerusalém e para Judá, cada um para a sua cidade; os quais vieram com Zorobabel, Jesuá, Neemias, Seraías, Reelaías, Mordecai, Bilsã, Mizpar, Bigvai, Reum e Baaná. O número dos homens do povo de Israel. (Ed. 2:1-2)

Mordecai, pode ter sido uma das pessoas que chorou de tristeza no dia em que lançaram os fundamentos do 2º Templo, vendo a pobreza e a falta de recursos daquela nova casa em comparação com a Glória e as riquezas da primeira...
Por alguma razão no Ocaso de seus dias, Mordecai, estava com sua família na cidade de Susan, sede do Império Medo Persa, talvez sem nenhuma outra expectativa de vida; talvez sem entender porque vivera tanto, a ponto de ver a queda e o início da Restauração de Israel, mas, CERTAMENTE SEM ENTENDER, que o melhor ainda estava por vir!

Falei aos filhos e descendentes de ministros de Deus, agora quero falar aos pais...

Fiquem vivos! Não desistam, não achem que não há mais nada para ser feito. Até os erros que cometeram, serviram de escola pra que possam temer O Senhor e para ensinarem a Ester Zêlo por Deus nestes dias. 
Ester precisa de vocês, a Igreja precisa dos cabelos brancos, daqueles que estão dizendo: Não tenho mais prazer nos meus dias!
Amados Presbíteros do Corpo de Cristo, voltem a estender as mãos enrugadas e calejadas, para uma Igreja que padece de referenciais, pois está impressionada com o luxo do Palácio.
Amados anciãos, contem-nos de novo como eram os Cultos Matutinos (às 4 horas da manhã); voltem a nos contar como foi o Avivamento da Chuva Serôdia nos anos 40; Como eram os Cultos nas Tendas, e os milagres que Deus realizava; Voltem a nos contar do fluir do Espírito Santo nas reuniões, e de como devemos temer a Deus para que não passe de nós a oportunidade que Deus está nos dando.
Amados anciãos, por favor, voltem a ajoelhar-se ainda que seja com muita dificuldade para nos ensinar a orar de joelhos e a jejuar para buscar a face de Deus.
Mordecai, Deus guardou você até agora por causa de Ester. Deus vai fazer teus últimos dias gloriosos, Deus quer um pacto entre gerações... Num mesmo tempo, anciãos e crianças, jovens e adultos, donzelas e mães, rapazinhos e pais, todos juntos chorando diante de Deus: SENHOR NÃO ENTREGA A TUA HERANÇA!
Se for necessário brigar e gritar e exortar... Mordecai! EXORTE! 

Ester vai te ouvir. Ester quer se sentir amada pelas palavras de exortação. Ester quer descobrir que é amada porque sente a correção de Mordecai. 
Ester está cansada de palavras lisonjeiras, de técnicas para se tornar  Rainha em 30 dias; de cursos para ser apóstolo e profetas e pastores (com diploma), num final de semana.
Ester está cansada de um evangelho vazio, de resultados (HUMANOS), de metas (FINANCEIRAS), de testemunhos (COMPRADOS), de milagres (FALSOS).
MORDECAI, A ESTER é a geração daqueles que buscam a FACE DO DEUS DE JACÓ!

MORDECAI, não fica triste porque não há mais aquela riqueza de outrora, nem mais o requinte de prédios e de posturas, porque está profetizado: A Glória desta segunda Casa será maior que a da Primeira. MORDECAI AJUDE A ESTER!

MORDECAI NÃO SE DOBRE!

Pois eis que as trevas cobrirão a terra, e a escuridão os povos; mas sobre ti o Senhor virá surgindo, e a sua glória se verá sobre ti. (Is 60:2)

Crescemos na Igreja ouvindo que se há ataques das trevas é porque estamos cumprindo nosso papel (Este é o tipo de frase que sempre ouvimos dos Mordecais). É assim! Porque isso acontece? O Mal está se opondo à Vontade de Deus, ou porque chegou a hora do Mal ser destruído ou porque chegou a hora de Deus mostrar sua Fidelidade a seu povo... Ou simplesmente por que chegou a hora... 


Creio que tudo isso é verdade. Deus é O Senhor, e todas as coisas estão sujeitas à Sua Autoridade! Se é assim, temos que crer que tudo vai passar, mas, O Amor de Deus por nós permanecerá para sempre!

Ester está no Palácio, Mordecai, na porta do Palácio, e então se levanta Haman... Ele se levanta e quer reverência, adoração, e MORDECAI NÃO SE PROSTRA! São aquelas pessoas que dizem: "Eu já enfrentei tanta coisa, já vi de tudo, não vai ser agora que eu vou me dobrar... já vou morrer mesmo! Não me dobro!"

Há pessoas que não tem a sua vida por valiosa... Há pessoas que não por uma lógica humana, mas, por situações da própria vida, chegam à Conclusão que o viver é Cristo e o morrer é Lucro!
Não me dobro! "Só ao Senhor teu Deus adorarás e só a Ele prestarás culto" Não me dobro!

Alguém tem que começar esta briga! 


(Trecho do filme Brave Heart, de Mel Gibson, em que um homem Willan Wallace, junta o povo que fugia de uma batalha para guerrear contra o opressor, pelo direito à Liberdade! Em cena antológica ele vai até os representantes do Rei da Inglaterra para provocá-los e depois incita o povo para a Batalha)






O ódio de Haman não é contra a Igreja (Ester), ela está lá no Palácio. Para Haman, Ester é um bibelô... Uma rainha já caiu, esta aí cai também se não fizer a vontade do Rei.


O ódio é contra Mordecai (Símbolo dos Ministérios do Cordeiro). Quando os ministérios se dobram ao Conforto, às Honras do Palácio; às facilidades políticas; aos pactos de pequenos grupos "maçonaria"; quando os profetas do povo de Deus indo às gravadoras que estavam falidas e aos programas midiáticos, e acham que estão conquistando algo; quando se deixa de pregar O Evangelho para falar que as pessoas podem ter uma vida mais confortável e que não precisamos ser tão diferentes das pessoas do mundo; quando se ensinam nas igrejas que para ganhar as pessoas, primeiro se precisa ganhar as suas almas, e por isso se ministra às almas das pessoas e não a Palavra de Deus ao espírito; quando uma cervejinha deixa de ser problema, uma escapadinha a um motel deixa de ser problema, uma mentirinha branca deixa de ser problema, um calotezinho deixa de ser problema, uma traiçãozinha deixa de ser problema, um sambinha entre amigos deixa de ser problema, um divórciozinho deixa de ser problema, um joguinho de azar deixa de ser problema, MORDECAI (Os ministérios do Cordeiro), deixaram a Cristo e a Esperança de seu Chamado! ARREPENDAM-SE!

Mordecai está à porta do Palácio, vestido de saco e coberto de cinzas

O palácio é o Lugar de Ester. É correto que ela esteja aí. É bom que ela esteja aí, é importante que ela esteja aí, desde que se lembre pra o que foi que ela chegou aí. 


Mordecai, porém, está à porta do Palácio, ele fica ali, percebendo o que vai acontecendo no mundo e o que está acontecendo no Palácio. Ali ele percebe a trama contra O Rei e denuncia. Mordecai avisa a Ester, que está dentro do Palácio, sobre tudo que se trama contra o Rei.


Mordecai não é honrado por isso, ninguém nem fica sabendo que foi Mordecai que salvou a vida do Rei. Mordecai é esquecido, desprezado, ninguém faz conta dele. Quem faria conta de alguém que fica ali na beira do caminho?



"antes em tudo recomendando-nos como ministros de Deus; em muita perseverança, em aflições, em necessidades, em angústias, em açoites, em prisões, em tumultos, em trabalhos, em vigílias, em jejuns, na pureza, na ciência, na longanimidade, na bondade, no Espírito Santo, no amor não fingido, na palavra da verdade, no poder de Deus, pelas armas da justiça à direita e à esquerda, por honra e por desonra, por má fama e por boa fama; como enganadores, porém verdadeiros; como desconhecidos, porém bem conhecidos; como quem morre, e eis que vivemos; como castigados, porém não mortos; como entristecidos, mas sempre alegres; como pobres, mas enriquecendo a muitos; como nada tendo, mas possuindo tudo." (2Co 6:4-10)


Quando a sentença de morte contra o povo é proferida, O primeiro a Saber é Mordecai. Ele é o primeiro a tomar uma medida! Ele imediatamente se veste de saco e se cobre de cinzas e começa a clamar a Deus. Talvez ninguém entende porque ele está fazendo aquilo. Principalmente para Ester, que está dentro do Palácio, é difícil entender porque Mordecai está assim tão "fora de padrão", Ester logo pensa que pode ser estranho que as pessoas saibam que eles são do mesmo povo. Ester ama a Mordecai, mas, aparentemente não há nada de semelhante entre um e outro.


Ester não gosta deste jejum, não gosta desta humilhação, não gosta deste quebrantamento, não gosta desta exposição, não gosta!


Palavras de confronto; convocações para jejuar, para se arrepender, para clamar pelo povo, são muito mal interpretadas por Ester. 


As pessoas passam as semanas trabalhando e estudando incansavelmente, já trazem seus dízimos e suas ofertas e ficam até duas horas e meia a três horas nas reuniões das igrejas... O que mais  eles querem? Além disso são só palavras de peso, nada pra nos motivar, nada para nos colocar pra cima! 
"Pastor, você precisa pregar umas palavras mais tranquilas", "ah por favor não chore enquanto você prega!" "Isso é muito constrangedor!", "Pare de confrontar as pessoas, se não vão todas embora!",  "O culto é muito longo, todos têm de acordar amanhã cedo pra o trabalho!",  " O Pastor, prega dando recados!", " Pastor esta sua roupa aí, não está na moda!"... Só faltam dizer que a igreja está precisando de um Feng- Shui (há muita energia negativa aqui...).


Ester não se deu conta ainda que pode ser que em pouco tempo tudo isso acabe, porque já foi decretada a morte de todos. Ester dentro do Palácio e no conforto de saber que é Rainha, não tem noção disso. O DECRETO COM O JUÍZO já foi proclamado e NINGUÉM PODE REVOGAR!


Ester manda roupas pra Mordecai, para que este se vista adequadamente, mas, ele não aceita as roupas do Palácio, e manda avisar a Ester o que está acontecendo e que ela precisa entrar na Presença do Rei.


Mordecai toma uma atitude para com Ester, depois de ser um exemplo para ela.


SEM MORDECAI SERÁ MAIS FÁCIL!

Embora Haman, já tivesse conseguido seu alvo que era um decreto Real para exterminar o povo, Mordecai ainda era uma pedra em seu caminho. 
Sem saber que na verdade era o seu fim, pois, Ester orientada por Mordecai, entrou na Presença do Rei para na hora certa clamar pela vida de seu povo. Haman, muito feliz por ser convidado para o Banquete que Ester daria ao Rei, e é o único convidado, além de Assuero. Mesmo assim sentindo-se tão feliz em seu orgulho e vaidade, ainda manifesta que não pode ser totalmente feliz enquanto Mordecai estiver vivo. Na verdade, o plano engendrado pelo próprio Satanás e executado por Haman, sofre resistência apenas de Mordecai e este precisa ser destruído. Zeres (figura de Jezabel, mulher dominada pela Rainha dos Céus, e que odeia autoridades, e que odeia os profetas e os servos do Deus Altíssimo), sugere uma forca de cerca de 25 metros de altura, para que Mordecai fosse pendurado...


Naquela noite, naquela mesma noite... Deus muda a sorte, e a Maldição se converte em bênção, o choro em riso, a tristeza em Alegria, as vestes de luto em vestes de louvor, o espírito angustiado dá lugar para o óleo de alegria. Aleluia!


Assim como O Nosso Deus, chama a Satanás e lhe pergunta: "Viste meu servo Jó?". O rei chama a Haman, e lhe pergunta: "O que se faz ao homem a quem o Rei deseja honrar?". Jó passou por humilhação e dor, e quando estava cheio de feridas e se coçava com um caco de telha, Satanás achou que Deus havia se esquecido dele, mas, Deus estava (do jeito Dele), perguntando pra o Satanás: "O que eu faço com este homem, que mesmo sem nada, continua a me ser fiel?" Jó recebeu o dobro de tudo quanto possuía; Mordecai que tinha uma corda para seu pescoço, percebeu, que a única corda que Haman, conseguiria puxar, eram as rédeas do cavalo real, montado por Mordecai, que estava vestido com as vestes reais e que usava a coroa do Rei. 
Em outras palavras, o Satanás, está ajudando aos ministros de Deus que são fiéis até a morte, até as últimas consequências, a conquistarem sobre suas cabeças as coroas que O Rei dos reis lhes têm designado. 


Enquanto Satanás, o Acusador de nossos irmãos, de dia e de noite, trama contra os ungidos do Senhor, as crônicas, os memoriais, as renúncias, as entregas, estão sendo lidas diante de Deus, e em muito pouco tempo, sob O Ministério do Nosso Senhor, teremos uma coroa e manto e cetro, para em Nome do Senhor decretar e estabelecer... Convém a Mordecai, ser fiel até o fim!


Deus é Aquele que anuncia o fim desde o princípio! Quando Deus criou o homem à Sua Imagem e conforme a Sua Semelhança, e deu ao homem autoridade sobre todas as coisas, pré-anunciava o que acontecerá, quando Satanás for lançado no lago de fogo e enxofre: Nós reinaremos com Cristo para sempre!


Tudo o que era de Haman, foi dado a Mordecai e a Ester! TUDO!
Tudo o que era de Satanás, foi dado aos seres humanos, e depois de termos perdido isso por causa do pecado, Jesus Cristo, em carne, veio Santo e Irrepreensível para reconquistar para nós tudo novamente! 


"E tocou o sétimo anjo a sua trombeta, e houve no céu grandes vozes, que diziam: O reino do mundo passou a ser de nosso Senhor e do seu Cristo, e ele reinará pelos séculos dos séculos. E os vinte e quatro anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus, prostraram-se sobre seus rostos e adoraram a Deus, dizendo: Graças te damos, Senhor Deus Todo-Poderoso, que és, e que eras, porque tens tomado o teu grande poder, e começaste a reinar." (Ap 11:15-17)

Por fim Mordecai recebe juntamente com Ester, das mãos do Rei o anel de selar e a liberdade para estabelecer os DECRETOS que achassem necessários para que o seu povo fosse livre...


É A HORA DE ENTRARMOS NA PRESENÇA DO REI ATÉ QUE ELE NOS DÊ SEU ANEL DE SELAR PARA FAZERMOS DECRETOS... Este é um assunto para o último e MAIS IMPORTANTE CAPÍTULO desta série: Ester, é a hora de Brilhar!


"não cesso de dar graças por vós, lembrando-me de vós nas minhas orações, para que o Deus de nosso Senhor Jesus Cristo, o Pai da glória, vos dê o espírito de sabedoria e de revelação no pleno conhecimento dele; sendo iluminados os olhos do vosso coração, para que saibais qual seja a esperança da sua vocação, e quais as riquezas da glória da sua herança nos santos, e qual a suprema grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, segundo a operação da força do seu poder, que operou em Cristo, ressuscitando-o dentre os mortos e fazendo-o sentar-se à sua direita nos céus, muito acima de todo principado, e autoridade, e poder, e domínio, e de todo nome que se nomeia, não só neste século, mas também no vindouro; e sujeitou todas as coisas debaixo dos seus pés, e para ser cabeça sobre todas as coisas o deu à igreja, que é o seu corpo, o complemento daquele que cumpre tudo em todas as coisas.(Ef. 1:16-23)


Abaixo vídeo dos túmulos de Mordecai e Ester, que estão no Iran, antiga Pérsia, onde reinaram e onde foram usados por Deus para de lá o livramento do Nosso Deus alcançar o seu povo em todo o mundo... Se você gosta do bom humor de Deus, assista este vídeo, e pense que em pouco tempo ninguém saberá onde estão os corpos de Achmadinejad, nem do Aiatolá Komenei, (assim como ninguém sabe onde está o corpo do Bin Laden), mas, lá no Iran, Ester e Mordecai, foram sepultados, e até hoje este lugar está preservado e intacto... Assim se faz a quem O Rei deseja honrar!