sexta-feira, 16 de setembro de 2011

Boaz - Seu primeiro ano de vida!



As mães os têm em seus ventres, os pais têm de se conformar de sentí-los se mexer... às vezes. Com que orgulho as mães dizem olha está se mexendo! E os pais num ávido impulso de sentirem-se participantes, tocam a barriga grávida e... nada! (ou tão pouco!), e ainda assim se alegram...

Mas há um momento, ah que momento esperado, o momento em que aquele pequeno ser, a manifestação física do amor entre você e sua esposa... é tirado do ventre aconchegante, e então entre cuidados e procedimentos, você olha para seus olhinhos e percebe: Eu sou pai! Tu és o meu filho, eu hoje te gerei!

Claro, claro que sei que isso ocorreu a cerca de nove meses atrás quando num ato de amor, foi lançada uma semente que deu início ao plano de Deus para este ser... Mas, este ser neste momento passa a ser o meu filho!

Quando Jesus nasceu no ventre de Maria, Deus fez os anjos cantarem! Eu sempre achei que havia sido uma demonstração angelical de Adoração expontânea, ante o desprendimento de Jesus de deixar sua Glória ao lado do Pai, para manifestar-se como homem... Mas, quando nasceu meu filho, eu fiquei pensando: se eu fosse Deus, e os anjos não fizessem nada, eu mandaria que eles cantassem!

Que alegria, que vontade de romper em cânticos de gratidão e de adoração a Deus!

Ter filhos te faz entender muito melhor a Deus, quem Ele é pra nós e o que somos pra Ele. Deus manda Elias e Moisés, aparecerem para seu filho para o encorajarem, no momento em que a Redenção do homem estava para cumprir-se. Meu filho precisou ficar internado na UTI alguns dias, e eu nunca fui tão gentil com alguém como fui com aquelas enfermeiras, que estavam ali ao redor do meu nenem.... Como eu compreendo a Deus melhor hoje!

No dia em que Jesus foi batizado nas águas; no dia do encontro com Elias e Moisés mesmo, Deus fez questão de dizer: Este é O MEU FILHO AMADO! Aeh Garotão, seria a minha forma de expressar o mesmo sentimento...

Ah como sou grato MEU DEUS E MEU PAI, porque O Senhor enviou para mim e para minha família O TEU FILHO JESUS! Eu entendo um pouco o pai Abraão, e o tempo que ele deveria ficar brincando e mimando aquele Isaque, porque é a mesma coisa que eu faço... Mas, quando O Senhor evitou que O Pai da Fé, matasse seu filho, porque O Senhor decidiu matar O Seu... Isso foi demais! Preciso te dizer: Nunca vi um Pai mais amoroso e firme do que O Senhor!

Jesus depois de tudo, da Cruz, do Inferno, quando assentou-se a Tua Destra novamente, e ouvindo da tua boca: "Assenta-te ao meu lado até que eu ponha os teus inimigos prostrados debaixo dos teus pés", e "Pede-me e dar-te-ei as nações por herança e as extremidades da Terra por tua possessão", além da tua ordem aos anjos: ADOREM-NO!

Eu creio que Jesus deve ter pensado: Meu Pai é demais!

Pai, O SENHOR É DEMAIS! EU TE AMO!

Eu peço tua ajuda, pra que eu possa criar meu filho segundo o Teu Conselho, a tal ponto, que ele se torne um homem digno, e que um dia assim como O Senhor fez com Jesus, levando-o para o deserto, para "dar um pau no diabo!" O Senhor possa usar o meu filho para Glorificar O Teu Nome. É! O Senhor pegou o seu Campeão, o seu Filhão e o levou pra um ring e disse: Vai lá filhão, quebra a cara dele! E com O Poder da Tua Palavra, Jesus nocauteou Satanás com três "Está Escrito" de Direita!!!

Aleluia! Pai, O SENHOR É DEMAIS! EU TE AMO!

Eu consagrei O Boaz a ti, porque tenho certeza que não está em mim a condição de fazê-lo um homem segundo O Teu Coração, e portanto eu o entreguei para O Senhor, para que Ele seja teu, todos os dias da sua vida, para que possa Olhar para O Senhor e te chamar de ABA, e possa ser um instrumento do teu Amor em sua geração!

Vou ensinar a Ele a tua Palavra, vou (pela tua misericórdia e auxílio) ser um exemplo de alguém dependente do Senhor todos os dias da minha vida, e vou ensiná-lo sobre O Caminho da Adoração. Me ajuda a cuidar Pai deste menino que é totalmente teu!
CONSAGRADO AO ETERNO!




Hoje 16 de Setembro de 2011, estou em viagem no Chile, ministrando a Palavra de Deus em dias muito angustiosos, porque vemos claramente as dores de parto que este mundo está enfrentando e o tempo de maior juízo antes da manifestação do Reino do nosso Messias Glorioso.

Pensar no meu Boazito, e que ele já sobe sozinho o banco de nossa cozinha quando acorda para me abraçar, e que já está aprendendo a jogar basket (batendo bolinha e fazendo cestas - todas enterradas), que durante a adoração, assim como muito tempo eu fiz com a Tikva ele vem pra o meu colo e fica comigo até dormir...  Me faz sonhar e descansar... rir e chorar...

O rostinho do Boaz, seu cabelo, realmente parecem comigo, mas, o seu nome (Vem força), certamente é um reflexo do caráter firme da Karla, meu grande amor, que enfrentou justamente há um ano atrás, uma luta tão grande para poder dar à luz, uma criança tão linda e tão forte...

A Tikva (Esperança), teu o rostinho da mãe e talvez a Esperança do Pai, mas, certamente nossa família tem a bênção do Deus Vivo, e neste dia, quero dizer: Aba, obrigado pela Karla, pela Tikva e hoje especialmente pelo Boazito... Muito mais Aba, muito mais mesmo do que eu tinha pedido. Muito, muito mais do que eu esperava... Infinitamente mais do que eu merecia... Na verdade, eu não merecia... A família que o Senhor me deu, é tua, por Ti e para a Tua Glória Eternamente Amém!

O senhor tem ciúmes de mim,
Me ama como um furacão, como árvore eu sou
e me rendo sobre o peso do seu vento de misericórdia...
quando de repente as minhas aflições, somem diante de tua Glória,
então eu percebo quão lindo Tu és, como é grande o amor que sentes por mim....

Oh quão amado eu sou,
sou tão amado,
quão amado eu sou...

Toda Rabá Aba


Paulo de Tarso, pai.