sexta-feira, 13 de outubro de 2017

BERESHIT - NO PRINCÍPIO



Gastamos muito tempo, buscando novidades e revelações de Deus de coisas que ainda não entendemos, mas, talvez, o caminho para isso, não seja para frente, mas, para trás. Rever, reler, reestudar, o que Deus já nos disse, o que a Palavra nos revelou e que está à nossa disposição. Os rudimentos, os fundamentos, a Rocha onde podemos firmar bem os alicerces de nossas vidas, e esta ROCHA É O MASHIACH, e o Cristo é a TORAH, e a TORAH, para mim é uma só... que vai de BERESHIT a APOCALIPSE... Totalmente íntegra, totalmente verdadeira, totalmente real.

Conheço vários ministérios entre os judeus que fazem este tipo de trabalho, alguns irmãos cristãos que da mesma forma, com muita profundidade e zelo são inclusive fonte constante de inspiração e instrução para mim e não há qualquer desejo de competir, de ser melhor, ou de que eu permita qualquer comparação.... Mas, se nos próximos 30 anos a cada semana eu for falar sobre os mesmos temas, as PARASHIOT (Porções), da Torah, que são lidas e estudadas a cada semana pelos milhões de servos de Deus ao redor do mundo, haveria a cada vez algo novo, e se este fosse o meu limite de vida, certamente chegaria à conclusão que para cada Palavra da TORAH, não cada Parashá (Porção) apenas, para cada Palavra da Torah, se poderiam escrever tantos livros quanto as maiores bibliotecas do mundo, pois a TORAH É UMA PESSOA, a TORAH É ETERNA, a TORAH É VIVA, a "TORAH se fez carne e habitou entre nós." - (segundo João 1: 14).


BERESHIT - NO PRINCÍPIO

Gênesis 1: 1 a 6:8
Isaías: 42: 5 a 21
João 1: 1 a 15

Nesta semana que se encerrou, celebrou-se SUCOT (A Festa de Tabernáculos), os sete dias de celebração falam do tempo em que novamente Céus e Terra se farão unirão, momento em que O MASHIACH, vai reinar desde Jerusalém sobre todas as nações da Terra. Está escrito: "seis dias trabalharás e no sétimo descansarás, pois o sétimo é do Eterno"

Durante seis mil anos o homem tem peregrinado nesta terra, mas, O Sétimo é do Eterno e no sétimo milênio YESHUA reinará, o leão pastará com o cordeiro, quem morrer com cem anos morrerá jovem, e nós os remidos do Nosso Deus, seu Reino Sacerdotal reinaremos com Ele. 

Depois do sétimo, vem o OITAVO. Depois do Milênio, o Juízo Final e então: NOVOS CÉUS E NOVA TERRA; A NOVA JERUSALÉM...

Depois dos sete dias de Tabernáculos há um convite para um dia a mais de celebração, um dia que marca verdadeiramente um Novo ciclo, um Novo começo, e neste novo começo, anualmente se inicia a Leitura da TORAH, e a primeira porção é justamente BERESHIT. NO PRINCÍPIO.

A Chamada "LASHOM KODESH" (Língua santa - o hebraico), a Língua dos Patriarcas, a Lingua da Torah é riquíssima em conter e guardar os segredos do Nosso Deus. Mistérios guardados para os que O temem (Salmo 25:14). Na Palavra BERESHIT - Um Universo de Revelação!

Esta palavra BERESHIT (semelhante ao idioma português), tem a sua primeira letra a letra "BEIT", segunda letra do Álef - Beit (Alfabeto hebraico), e com ela a Torah começa a ser escrita e toda a revelação de Deus aos homens passa a ser conhecida.

Porque começar com a segunda letra? Porque não começar do Começo? Porque não se iniciar com a primeira letra? Porque começar de algo que já existia?

Na Palavra BERESHIT, (בראשית) (em hebraico lê-se da direita para a esquerda), intercaladas às últimas três letras do Alef - Beit, "REISH, SHIN e TAV" (ר, ש, ת), estão o ÁLEF (א) (A primeira letra do Álef-Beit que corresponde por isso ao número 1) e o YUD (י) (A primeira letra do Nome do Eterno, a primeira letra do Nome de Yeshua, décima letra do Álef-Beit, letra que corresponde ao número 10). Uma que corresponde ao Um, outra que corresponde ao 10. Uma que fala da Unidade, outra da Totalidade.

"Lembrai-vos das coisas passadas desde a antigüidade; que eu sou Deus, e não há outro; eu sou Deus, e não há outro semelhante a mim; que anuncio o fim desde o princípio, e desde a antigüidade as coisas que ainda não sucederam; que digo: O meu conselho subsistirá, e farei toda a minha vontade;" (Isa 46:9-10)

A Letra Beit (ב), letra usada por Deus para se iniciar a Torah, (segunda letra do Álef-Beit), tem em seu formato o desenho de uma CASA, e este é o sentido literal do seu nome: "BEIT" quer dizer: Casa. 

Perceba! Parece mesmo uma Casinha (ב), com teto, com parede, com chão e com porta... Porta que está aberta (para a esquerda) para que toda a revelação de Deus fosse conhecida pelos homens a quem Deus deseja o bem. 

A porta está aberta, ali, escancarada para quem quiser saber o que vai no Coração do Deus Único e Verdadeiro, porque Ele desejou revelar a nós o Seu Coração.


Se Deus intencionalmente começou a nos revelar Seu Coração pelo Beit, a segunda letra, é porque certamente antes da TORAH ser revelada aos homens, a TORAH já estava em Deus, já existia... Se BERESHIT (No Princípio), O Eterno criou tudo o que existe, A TORAH, O ÁLEF, O PRIMEIRO, já fazia parte do Eterno, da Eternidade, do processo de criação... João o discípulo amado acerca disso nos ensina: "sem Ele nada do que foi feito se fez".       (João 1:3).

Pois dois dos Evangelhos começam a ser escritos usando a mesma Palavra, usada no início da TORAH (BERESHIT - NO PRINCÍPIO). 

O Evangelho de Marcos, escrito por João Marcos, discípulo de Pedro, em cuja casa podem ter se dado os acontecimentos do último PÊSSACH de Yeshua e seus discípulos, pode ter sido o lugar de SHAVUOT (Pentecostes) onde O Espírito se derramou sobre os cerca de 120 que estavam ali reunidos; pode ter sido o lugar que tremeu quando os discípulos começaram a orar ante as ameaças dos perseguidores da Igreja, momento em que novamente O Espírito Santo se derramou sobre todos... Este Evangelho revela Cristo, O MASHIACH de uma forma clara, EVIDENTE! É curto e grosso, a exemplo da percepção de Pedro, que mostra um Jesus que expulsa demônios e sara enfermos do começo ao fim... 

Assim O Evangelho de Marcos começa a ser escrito: "Princípio do Evangelho de Jesus Cristo, filho de Deus"... Este Evangelho revela YESHUA! 

João o discípulo amado, da mesma forma começa exatamente assim sua narrativa sobre O MASHIACH:

"No princípio era o Verbo (A Palavra, A TORAH, YESHUA), e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus." (João 1:1-2)

Ele, A Palavra, (YESHUA) estava no Princípio (BERESHIT), Nele o Fim está revelado desde O Princípio; Nele O Único Deus Vivo e Verdadeiro; Nele a TOTALIDADE da Revelação de Deus a nós. Nele o 1 e o 10; Nele o Princípio e o fim; Nele o tudo, Nele.

BERESHIT BARAH ELOHIM ET...

Nas palavras que seguem a BERESHIT, podemos ler: "CRIOU DEUS OS CÉUS E A TERRA" - (BARAH ELOHIM ET HASHAMAIM VEET HAARETZ) - Tomando apenas as primeiras três palavras depois de BERESHIT temos algo muito curioso: "No Princípio criou Deus (את)", o que em Português é traduzido pelo artigo (os - de "os Céus), em hebraico esta palavra é escrita com a primeira e a última letras do Álef-Beit, e por isso poderíamos ler estas primeiras quatro palavras de uma forma bem reveladora: "NO PRINCIPIO CRIOU DEUS O ALEF E O TAV... ou, NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS O PRIMEIRO e O ÚLTIMO",  ou ainda NO PRINCÍPIO CRIOU DEUS TUDO! Entendemos que NELE, tudo foi criado, e "sem Ele nada do que foi feito se fez".

Esta Palavra "ET" (את) (ALEF E TAV), A primeira letra e a última, se pudessem ser separadas pela letra MEM (A letra que está justamente no meio do Alef - Beit), teríamos a palavra EMET  (אמת) - (ÁLEF - MEM - TAV) - palavra que quer dizer: VERDADE.

Pois a Verdade é uma pessoa: Verdade é YESHUA, E a maior de todas as verdades é que Ele é O RESHIT (O Princípio); Ele também é O Fim, mas, Ele sempre será o tudo mais que existe....

Por Ele não apenas foram criadas todas as coisas, mas, Ele ainda hoje, sustenta todas as coisas, pela Palavra do Seu Poder.

"Havendo Deus antigamente falado muitas vezes, e de muitas maneiras, aos pais, pelos profetas, nestes últimos dias a nós nos falou pelo Filho, a quem constituiu herdeiro de todas as coisas, e por quem fez também o mundo; sendo ele o resplendor da sua glória e a expressa imagem do seu Ser, e sustentando todas as coisas pela palavra do seu poder,...," - (Heb 1:1-3)

A Haftará desta semana (a porção dos livros proféticos e históricos), de Isaías, nos revela a Yeshua (Jesus), que foi alvo de toda a TANACH (Antigo Pacto, Antigo Testamento), e é revelado nos Evangelhos, explicado nas cartas Apostólicas e Entronizado no Livro das Revelações: Apocalipse de João.

"Assim diz Deus, o SENHOR, que criou os céus e os estendeu, formou a terra e a tudo quanto produz; que dá fôlego de vida ao povo que nela está e o espírito aos que andam nela. Eu, o SENHOR, te chamei em justiça, tomar-te-ei pela mão, e te guardarei, e te farei mediador da aliança com o povo e luz para os gentios; para abrires os olhos aos cegos, para tirares da prisão o cativo e do cárcere, os que jazem em trevas. Eu sou o SENHOR, este é o meu nome; a minha glória, pois, não a darei a outrem, nem a minha honra, às imagens de escultura. Eis que as primeiras predições já se cumpriram, e novas coisas eu vos anuncio; e, antes que sucedam, eu vo-las farei ouvir." (Isaías 42: 5 a 9)

Tudo o que eu quero, tudo o que eu espero, tudo o que eu desejo, tudo o que eu te desejo, é que por Ele, para Ele, Nele, possamos viver e estar por todos os dias das nossas vidas.


KI MITZION TETZSEH TORAH
U´DEVAR ADONAI MIYERUSHALAIM!
(Porque de Sião sairá a Lei e a Palavra do Eterno de Jerusalém!)


Paulo de Tarso, Apóstolo
Igreja Apostólica Betlehem